Sergipão: Confiança cede empate ao Frei Paulistano em 2 a 2

0

No dia do aniversário da capital, a festa foi do interior. Após a derrota do Sergipe para o Dorense, foi a vez do Confiança decepcionar sua torcida no momento em que o time mais precisava reagir com vitória. Na tarde deste domingo, 17, pela primeira rodada do Hexagonal, o Dragão abriu o placar e ampliou, mas terminou por ceder empate em 2 a 2 para o Frei Paulistano em pleno estádio Lourival Baptista.

Com o resultado, o Confiança, que já acumula três partidas sem vencer no estadual, soma seu primeiro ponto na terceira colocação da tabela – junto com o próprio Frei Paulistano. Na próxima rodada, o Confiança visitará o Lagarto em Pedrinhas. Já o Frei Paulistano visitará o Dorense. Ambos os jogos serão na quarta-feira, 20.

O jogo
O jogo iniciou truncado e sem inspiração. Tanto que o primeiro lance de perigo só surgiu aos 13, quando, após lançamento, Jonatas se esticou todo para tocar a bola ainda no alto, mas Giovani foi mais rápido e pegou. Aos 17, o Frei respondeu com chute de longe de Rodrigo – que passou à esquerda -, e no minuto seguinte o Confiança atacou com chute de longe de Flávio, que passou à direita. Um perde-e-ganha sem muita objetividade se estendeu até aos 44, quando o árbitro viu toque de mão de Rodrigo na área: pênalti para o Confiança. Na cobrança, Gustavinho mandou a bola no ângulo superior direito e guardou: Confiança 1 a 0.

Gustavinho marca de pênalti: Confiança 1 a 0

Na segunda etapa, o Confiança só precisou de seis minutos para ampliar. Após levantamento na área, Rafael Villa surgiu na pequena área e desviou de cabeça: Dragão 2 a 0. Após o gol, a partida esfriou e passou a dar a impressão de estar definida. Mas a lentidão do Confiança não contaminou o Frei Paulistano, que chegou ao gol em contra-ataque. Aos 15, após receber na área, Luan tocou quase sem querer na bola, que resvalou em Genivaldo e foi entrando mascada dentro do gol: 2 a 1.

Rafael Villa amplia: 2 a 0

O Confiança tentou ampliar sua vantagem com Junior Timbó aos 25 – mas a bola foi pra fora – e Rafa Marcos aos 32 – outra bola fora após conclusão na pequena área -, mas quem chegou ao gol foi o novo time do técnico Betinho. Aos 35, após chute de Igor na trave, a bola voltou para ao meio da área, onde o lateral-esquerdo Mateus – filho do técnico Betinho – apareceu de trás para concluir para o fundo das redes: 2 a 2. Aos 48, o Confiança quase desempatou após bate e rebate na área, mas Giovane pegou a bola em cima da linha. E nada mais alterou o placar.

Vibração de Betinho com o empate do Frei: 2 a 2

FICHA TÉCNICA
Confiança 2 x 2 Frei Paulistano
Gols: Gustavinho [44’ 1t], Rafael Villa [6’ 2t], Luan [15’ 2t], Mateus [35’ 2t]

CONFIANÇA
Genivaldo, Ângelo, João Victor, Anderson, Negretti, Radar, Rafael Villa, Flávio [Ruan], Gustavinho, Jr. Timbó [Rafa Marcos], Jonatas [Ítalo]

FREI PAULISTANO
Giovani, Jorge, Baby, Pirambu, Matheus, Vitor Garcia [Igor], Rodrigo, Acássio, Baco, Tiquinho [Wallace], Helder [Luan]

Cartões amarelos: Ângelo, Rodrigo, João Victor

Por Igor Matheus

Comentários