Sergipe estreia com vitória sobre América

0
Caio Simões acompanha jogo colado no rádio (Fotos: Portal Infonet)

Em meio a uma crise política que assola os bastidores do clube, o Sergipe foi a campo para estreia na Taça Governador do Estado, o primeiro turno do Campeonato Sergipano. A equipe da capital enfrentou o América de Propriá, recém-promovido à Primeira Divisão, e saiu com uma vitória magra num jogo de muitos passes errados.

O Sergipe vinha a campo sob o comando do auxiliar Caio Simões, filho do velho conhecido do futebol sergipano, Maurício Simões. Caio acompanhou toda partida com um rádio no ouvido, comunicando-se com o treinador Givanildon Soares.

O jogo

O primeiro lance de perigo da partida surgiu dos pés de Capelinha, do América, que fez boa jogada, mas bate por cima do gol. A equipe ribeirinha tinha a iniciativa da partida, mas perdeu um jogador logo aos 8 minutos: Tete recebe uma pancada e é substituído por Léo.

Torcida comparece em número razoável na estreia

A partir daí, o Sergipe começou a crescer. Aos 11, numa boa jogada, o zagueiro Deivid se arrisca no ataque, solta a bomba e acerta o travessão do goleiro Ronaldo Mineiro. O Sergipe voltou a oferecer perigo quando o volante improvisado de ala, Rodrigo, passou para o meia Rafael bater para a defesa do goleiro do América.

O jogo, que começou com um ritmo acelerado, foi perdendo velocidade com uma imensa quantidade de passes errados de ambos os lados. Enquanto os zagueiros atuavam com grande qualidade, com destaque para Thiago que não deu sossego para Fabinho Cambalhota, os meias tinham dificuldades em organizar boas jogadas.

Antes do fim do primeiro tempo, o Sergipe ainda teria uma boa chance. Aos 38, Fabinho Cambalhota recebe nas costas do zagueiro, avança, mas bate em cima do goleiro. No rebote, Victor Muribeca bate por cima do gol, desperdiçando a melhor chance do jogo, até o momento.

2º tempo

Autor do gol, Deivid, comemora com o treinador

Com dificuldades para criar jogadas, o treinador Caio Simões sacou o volante Léo para a entrada do estreante Carlinhos, que passou a jogar na lateral dando mais criatividade à equipe alvi-rubra.

Rodrigo passou a compor a frente de zaga, sua posição de origem. Deu resultado. Logo no segundo minuto da etapa final, Rafael recebeu a bola na entrada da área e bateu com perigo para a defesa de Ronaldo Mineiro.

Aos cinco minutos, num choque feio, Victor Muribeca e o volante Levi se machucam e são substituídos por Almir Sergipe – outro estreante da tarde – enquanto os tricolores colocavam Rodrigo em campo. Aos 13, numa boa jogada entre Fabinho Cambalhota e o lateral Alberto – outro destaque da partida – a bola sobra para Carlinhos, que acaba chutando em cima da zaga.

Apenas aos 22 minutos, após uma série de gols perdidos e jogadas desperdiçadas pela equipe da capital, o gol finalmente saiu. Deivid bate falta da intermediária, a bola quica e engana o goleiro que aceita. 1×0 Gipão.

Aos 30, em boa trama de Fabinho Cambalhota, o goleiro Ronaldo Mineiro se redime da falha e faz mais uma grande defesa. Logo após, foi a vez do América desperdiçar uma chance com Sertania, que bateu fraco, facilitando a vida de Marcão.

Com a vitória nas mãos, o Sergipe passa a administrar o jogo diminuindo o ritmo. Sai Nivaldo para a entrada de mais um estreante, Fernando Pilar. Com isso, o América saiu mais para o jogo e por pouco não consegue o empate.

Aos 40 minutos o meia Capelinha fez boa jogada e chutou forte, a bola passou raspando a trave esquerda do Sergipe. Logo depois, Sertania, inspirado, ainda bateu forte de fora da área para a defesa de Marcão. E assim ficou.

Vitória magra do Sergipe, mas grande para um clube que passa por diversos problemas financeiros e políticos. O América volta para casa com a missão de consertar seu sistema ofensivo que foi praticamente inoperante na partida deste domingo, 13.

Apesar de possuírem bons jogadores nos seus plantéis, as duas equipes mostraram que começaram o ano com o preparo físico a dever e sem ritmo de jogo.

Complemento da rodada

Na outra partida, pelo Grupo A, o Olimpico de Itabaianinha venceu o Boca Junior em Estancia por 2 a 0 e mostra que pode ser a grande surpresa do interior, no torneio de 2013. Pelo Grupo B, o Socorrense recebe o Lagartense no Batistão na quarta-feira, 16, às 20h.

Por Irlan Simões

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais