Sergipe vence Copa de Ciclismo no Estado do Acre

0
Ciclistas sergipanos são vitoriosos em campeonato no Acre (Foto: Divulgação)

A Seleção Sergipana de Ciclismo começou muito bem a disputa da XXXV Copa Norte Nordeste de Ciclismo, em Rio Branco-AC. Na estreia da equipe, ocorrida na sexta-feira, 11, Sergipe brilhou com diversas categorias, na prova Contra o Relógio, conquistando cinco medalhas de ouro, duas de prata e uma de bronze.

Andrei Dórea, na categoria Elite, Hugo Lessa, na categoria Master A, Luis Eduardo, na categoria Master B, Victor Fernandes, na categoria Juvenil e Osvaldo Dias, na categoria veterano, foram os heróis sergipanos dourados, em Rio Branco, conquistando as medalhas de ouro, no primeiro dia de prova.
Além das medalhas de ouro conquistadas, Sergipe ganhou duas medalhas de prata com Breno Morais, na categoria Juvenil e José Adalberto, o Bia, na categoria Máster C.

Completando o excelente dia de estreia, a conquista de uma medalha de bronze com Roberto Monteiro, na categoria Máster C.

Assim, Sergipe foi campeão geral na prova contra relógio com 42 pontos. Em segundo lugar ficou Rondônia com 32 pontos e em terceiro lugar, o estado anfitrião, o Acre.

Neste sábado, 12, Sergipe tinha tudo para deslanchar na competição, pois participaria das provas de resistência e estrada 100 km, nas categorias Elite e Máster A. As categorias Júnior e Máster B correm 80 km, enquanto a prova terá 40 km para as categorias Máster C, Juvenil, Feminino e Veterano.

Segundo o presidente da Federação Sergipana de Ciclismo (FSC), Gilvan Costa, que chefia a delegação sergipana no Acre, Sergipe precisa manter essa vantagem neste sábado, 12, e  no domingo, 13, para ter a possibilidade de conseguir um titulo inédito, pela primeira vez, de campeão da Copa Norte – Nordeste de Ciclismo.

A participação da Seleção Sergipana na competição no Acre conta com apoio do governo do estado, através da Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer (Seel), e da prefeitura de Aracaju por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), além de entidades da iniciativa privada.   

Fonte: Ascom/Seel

Comentários