SINAL VERMELHO PARA O “SEDENTARISMO”

0

 

Desde os primórdios convencionou-se que a aptidão física proporciona ao Ser Humano um melhor desempenho em suas atividades do cotidiano. Já naquela época o homem dependia de suas qualidades físicas para sobreviver, como: força, velocidade, agilidade, flexibilidade e resistência, pois, suas atividades rotineiras lhes obrigavam a caminhar, correr, saltar, lutar e nadar. No entanto, as rotinas do mundo contemporâneo e o avanço tecnológico têm contribuído para o perfil sedentário do homem na atualidade.

 

O objetivo aqui é despertar no leitor a necessidade de incluir a prática do exercício físico nas tarefas do seu dia a dia como elemento capaz de desenvolver um nível de performance que possa melhorar o desempenho das suas funções diárias e reduzir os riscos de contrair doenças Crônico-Degenerativas, tais como: as cardíacas, as cerebrais, as vasculares, as osteoarticulares, a hipertensão e a diabetes; responsáveis por danos irreparáveis a saúde humana.

 

Na definição atual de saúde, esta não está relacionada apenas a ausência de doenças, mas sim, a um completo estado de bem estar físico, mental e social. Para que a atividade física possa proporcionar ganhos significativos à saúde, deve ser praticada regularmente, dividida em sessões diárias, com cargas progressivas e controladas principalmente em volume e intensidade. Para iniciar um programa de condicionamento físico se faz necessário procurar um profissional médico para realização de uma avaliação clínica e de  um profissional de educação física, este será responsável pela avaliação física e a prescrição dos exercícios, que devem ser prescritos respeitando a individualidade biológica de cada praticante, com especial atenção para o ponto de vista cardiovascular.

 

O texto sugere e recomenda a inclusão do exercício físico na rotina diária do indivíduo,  pois, comprovadamente, quando aliado a uma boa dieta alimentar e a bons hábitos, é capaz de manter a pressão arterial em níveis aceitáveis, aumentar a fração de HDL (colesterol bom) no sangue, diminuir o nível de  triglicerídeos, melhorar o aproveitamento da glicose pelas células equilibrando assim o seu nível na corrente sangüínea, retardar o processo de arteroesclerose (vasos), melhorar o tônus muscular, aumentar a resistência às infecções, diminuir o percentual de gordura corporal, retardar o aparecimento de osteoporose (principalmente nas mulheres). Com isso,  melhorar o seu desempenho sexual, intelectual, no lazer e no trabalho. Pense nisso!!!

 

 

 

RANIEL DE JESUS PEREIRA

PROFº EDUCAÇÃO FÍSICA

CREF – 000056-G/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais