Socorrense empata com Lagarto e está fora da disputa

0
Socorrense e Lagarto: jogo secreto (fotos: Igor Matheus/ Portal Infonet)

Acabaram-se todas as chances do Socorrense no quadrangular final do Campeonato Sergipano 2015. Em partida realizada nesta quarta, 22, no estádio Lourival Baptista, o Siri se complicou para arrancar um empate em 1 a 1 com o Lagarto e, com dois pontos ganhos, não tem mais condições de somar pontuação para ir à final. O Lagarto, por sua vez, chega a quatro pontos e depende de tropeços do Estanciano para passar.

Mesmo com desfecho decisivo, a partida teve ares de evento confidencial: com 53 espectadores no público total e 36 pagantes, o jogo do quadrangular final do campeonato crava sua marca na competição com o pior público do Batistão renovado.

O jogo
E quem não foi não perdeu grande coisa. Os dois primeiros chutes a gol do jogo, ambos do Socorrense, só se deram aos 10 e 21 minutos de partida – e todos inofensivos. Enquanto o Siri dava mais trabalho aos gandulas do que ao goleiro adversário, o Lagarto disparou com jogada trabalhada pela esquerda aos 29. A bola acabou nos pés de Mateus, que ajeitou fora da área e mandou um míssil certeiro no canto esquerdo: Lagarto 1 a 0.

Mateus comemora: Lagarto na frente

Para apimentar ainda mais o drama da partida, Juninho reclamou do juiz, levou cartão amarelo, reclamou do amarelo e foi premiado com o vermelho – e o Socorrense teve de trabalhar com um a menos. Quem parece ter esquecido a vantagem foi o Lagarto, que não conseguiu fazer grande coisa com um a mais.

A segunda etapa conseguiu ser pior que a primeira. Mesmo ansiosos pelo gol, os dois times simplesmente não conseguiam chutar em direção à meta. O pebolim humano durou até os 39, quando Nivaldo ficou na cara do gol e estufou as redes, mas o bandeirinha assinalou impedimento.

Aos 40, foi a vez do zagueiro arranha-céu Luciano ganhar cartão vermelho. Na cobrança da falta, que foi próxima à área, Marcelinho cruzou e Tonhão, no terceiro andar, cabeceou com força para as redes e diminuiu o vexame socorrense: 1 a 1. E nenhuma outra rede balançou na mais sigilosa e melancólica das partidas do estadual.

Tonhão marca: primeiro e único gol do Siri

FICHA TÉCNICA
Socorrense 1  x 1 Lagarto
Gols: Mateus (29’ 1t), Tonhão (41’ 2t)

SOCORRENSE
Marcelo, Ailton (Marcelinho), Leo, Claudio Baiano, Cosme (Felício), Capela, Iraildo, Henrique, Daniel Caiçara, Juninho, Joelton (Tonhão)

LAGARTO
Ivan, Magno, Luciano, Leno, Marquinhos, Warles, Nivaldo, Carlinhos, Nathan (Danilo Bala), Xande (Cascureba), Mateus (Cleiton)

Cartões amarelos: Leo, Iraildo, Juninho, Magno, Luciano, Leno, Nivaldo, Nathan, Marcelinho

Público presente sequer ocupou cadeiras do estádio

Cartões vermelhos: Juninho, Luciano
Público pagante: 36 torcedores
Renda: R$ 590

Por Igor Matheus

Comentários