Socorrense vacila no fim e cede empate ao Sampaio Corrêa

0
Socorrense não conseguiu segurar vantagem (fotos: Igor Matheus/ Portal Infonet)

Uma noite para fazer o Socorrense repensar sua capacidade de administrar resultados. Só isso define o desempenho do time sergipano nesta quinta-feira, 12, no estádio Presidente Médici, Itabaiana. Em campo contra o Sampaio Corrêa (MA) pela Copa do Nordeste, o Siri abusou da ofensividade e abriu 2 a 0, mas sofreu uma pane completa nos últimos cinco minutos e aceitou dois gols. Resultado: um 2 a 2 amargo como uma derrota.

O empate deixa o Socorrense na segunda colocação de seu grupo com dois pontos. Já o Sampaio Corrêa é o líder com quatro pontos. Na próxima rodada, o Siri encara uma pedreira: o Sport em plena Ilha do Retiro na quinta, 19. Já o time maranhense pega o Coruripe em São Luís na quarta, 18.

O jogo
Os primeiros lances indicavam um jogo franco e aberto. Muito ofensivos, os dois times se ameaçavam pra valer em suas respectivas áreas. Mas quem se deu melhor primeiro foi mesmo o mandante. Aos 20 minutos, o veloz Daniel Caiçara disparou pela direita e tocou para o meio da grande área. Lá, Juninho não pensou duas vezes e chutou de primeira para o gol: Socorrense 1 a 0.

Sampaio Corrêa empatou nos últimos minutos

Na segunda etapa, o Sampaio Corrêa voltou com duas substituições, mas teve de assistir o show particular da mesma dupla que o infernizou no primeiro tempo: Caiçara pela lateral, Juninho pelo meio e mais um gol do Siri aos vinte minutos – Socorrense 2 a 0.

Parecia que o resultado não sairia daí quando, aos 43, o árbitro Lúcio José decretou pênalti para o Sampaio Corrêa. O perigoso Robert assumiu a responsabilidade e converteu no meio do gol: 2 a 1. Quando o Socorrense ainda tentava segurar as calças para garantir a vitória, o mesmo Robert mandou um balaço a meia altura e furou o bloqueio do goleiro Emanuel: era o 2 a 2, para desespero completo da minúscula “torcida” canarinho na arquibancada.

FICHA TÉCNICA
Socorrense 2 x 2 Sampaio Corrêa
Gols: Juninho (20’ 1t), Juninho (20’ 2t), Robert (43’ 2t), Robert (46’ 2t)

Leo marca Daniel: Siri deixou vitória escapar

Socorrense
Emanuel, Jorginho (Ailton), Tonhão, Leo, Claudio Baiano, índio, Sandro Miguel, Hnerique (Tenisson), Orobó, Juninho (Joelton), Daniel Caiçara

Sampaio Corrêa
Dida, Daniel, Mimica, Luís Otávio, Edvanio, Williamn Simões, Cleitinho (Geraldo), Gil Mineiro (Robson), Robert, Valber, Rai

Cartão amarelo: Robson
Renda: R$ 540
Público: 27 pagantes

Por Igor Matheus

Comentários