Técnico do Sergipe conhece Dragão

0

Treinador José Carlos Amaral
Para o treinador rubro, José Carlos Amaral, o Confiança não é um adversário desconhecido. Na Copa do Nordeste de 2002, quando ainda dirigia o Fluminense de Feira de Santana, ele enfrentou o Dragão e o próprio Sergipe e na época Dagil, Jéferson Carioca, Gil, Nei e Marcos Teles vestiam a camisa do campeão sergipano.

Amaral considera o jogo de domingo contra o Dragão será muito difícil, independente de o adversário estar embaixo da tabela. Na opinião dele, o clássico se define nos detalhes. “O Sergipe respeita o Confiança, mas o objetivo do grupo é sair com a vitória”, disse o treinador, acrescentando que pretende manter a mesma equipe que vinha atuando para não mexer na estrutura.

O treinador rubro comandou um treino tático, na manhã de ontem, no Estádio João Alves Filho. À tarde, o professor Claudemir Menezes trabalhou com o grupo fisicamente. Amaral realiza o coletivo, na manhã de hoje, onde começa a definir os titulares que estarão presentes no clássico. Ele deve colocar em campo: Neto, Glauber, Gonçalves, Felipe, William e Marcelo da Guia; Fabinho, Mazinho e Nilson Carmopolis; Fabian e Nilson Sergipano.

 

 


 
 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais