Torcida azulina comemora título

0

(Fotos: Carla Sousa/Portal Infonet)
Após o apito final da partida que deu o título de campeão sergipano ao time proletário, os jogadores tiveram um pouco de dificuldade para levantar a taça. Parte da torcida eufórica com o título invadiu o campo para abraçar os jogadores responsáveis pela vitória.  “Eles vieram com muita disposição e é bom demais esse título!”, comemorou o técnico do Confiança, Nadélio Rocha, visivelmente emocionado.

O presidente da Trovão Azul, Jânio Costa, vibrou e declarou que “o Confiança mostrou que é o melhor do Estado e agora vamos rumo ao campeonato brasileiro”. Um dos integrantes da torcida azulina, José Wellington, afirmou que a vitória foi “incrível”. “O time se

Torcida foi ao delírio com o título
superou desde o primeiro minuto. Venceu o melhor!”.

Confiante de que o time terá um bom desempenho pela frente, na série C do Campeonato Brasileiro, o presidente do clube Milton Dantas comemorou. “O Sergipe jogou bem. Foi uma grande partida pra quem veio, mas o Confiança se superou”. Minutos antes do apito final, a torcida rubra deixou o estádio e os jogadores se dirigiram ao vestiário sem dar uma palavra à imprensa.

Críticas

Durante a comemoração, os 

Jogadores aproveitaram a comemoração para responder as críticas
jogadores proletários entoaram
vários gritos de guerra. “Ero, ero, ero, time de cachaceiro” foi um deles, em resposta às diversas críticas depois da derrota do último jogo no domingo, 3. Após receber a taça, a festa da torcida e dos jogadores continuou com a volta olímpica pelo campo e com carreatas pela cidade.



Por Carla Sousa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais