Torcida do SPFC faz a festa em Aracaju

0

Torcida aracajuana do São Paulo pintou o rosto e invadiu as ruas
A torcida são-paulina de Aracaju pintou o rosto com as cores do time e invadiu as ruas e avenidas da capital para soltar o grito de hexacampeão. No bairro Farolândia, por exemplo, os tricolores festejaram embalados por um pequeno trio elétrico. “Ano que vem seremos hepta, sem dúvidas”, gritou o estudante Martyo Santos.

 

O gol da vitória foi polêmico, mas o torcedor não quer nem saber. Mesmo que o árbitro tivesse marcado o impedimento de Borges aos 22 minutos, o time paulista ergueria a taça, já que o ataque do rival na última rodada, Goiás, esbarrava no goleiro Rogério Ceni. Assim, o clube fez do Distrito Federal o palco de sua consagração como o único a conquistar o principal título do país por três vezes seguidas. 

 

Torcedor balança a bandeira do time
Em um bar da zona sul, onde a torcida são-paulina estava concentrada, o único rastro tristeza estava numa mesa nos fundos, onde estava um gremista. “A esperança não morreu até o último momento, mas futebol é assim mesmo, ano que vem tem mais”, comenta, em tom de espírito esportivo, o empresário Marcos Carneiro.

 

Rebaixado

 

Já o Vasco da Gama, time que indiscutivelmente tem uma das maiores torcidas em Sergipe, não segurou a onda diante de um competente Vitória, perdeu por 2 a 0 e foi rebaixado à segunda divisão do Campeonato Brasileiro ao lado de Figueirense,

Marthyo e os amigos são-paulinos
Portuguesa e Ipatinga.

 

São Paulo, Grêmio, Cruzeiro e Palmeiras vão disputar a Libertadores 2009 junto ao Sport, vencedor da última edição da Copa do Brasil. Já o Flamengo, Internacional, Botafogo, Goiás, Coritiba, Vitória, Sport, Atlético (MG), Atlético (PR) e Fluminense vão tentar levar o título de campeão da Copa Sul-Americana no ano que vem.

 

Por Glauco Vinícius

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais