Uma pintura de gol

0

Comentário de Raniel de Jesus
Inicialmente vamos falar sobre campeonato dos quarentões. Estivemos neste sábado no Estádio Proletário Sabino Ribeiro onde assistimos o jogo entre Confiança X Itabaiana, sendo esta, a primeira partida da decisão do título de 2004. Ambas as equipes recheadas de valores com qualidades técnicas indiscutíveis. Ex-craques do futebol profissional ao lado de outros atletas anônimos fizeram daquela tarde um acalento para quem aguarda com expectativa o começo da próxima temporada do futebol profissional.

Apesar da faixa-etária as equipes começaram o jogo com muitos lançamentos o que ocasionou uma correria típica de equipes iniciantes, a velocidade implantada pelos times fez com que a técnica deixasse a desejar e logo no início do jogo alguns atletas já demonstravam um certo desgaste, o Confiança acabou perdendo o jogador Quinha que ao lado de Pimenta tentava dá a cadência que a equipe proletária precisava para consolidar seu domínio e transformá-lo em gols, mas, a saída de Quinha acabou prejudicando a equipe proletária. Pelo lado tricolor, jogadores como Nilson Hora e Aldair se ressentiam da falta de Ferreira e não conseguiram dá o ritmo que a torcida serrana esperava, durante o primeiro tempo de emocionante mesmo foi um gol perdido pelo atleta Gilson do Confiança que com o goleiro batido, frente a frente com o gol, travou o chute com a grama e acabou mandando a bola pra fora, já a equipe interiorana também teve a seu favor uma chance de gol que após uma bela jogada de Aldair, arrancando do meio e tocando por cima na saída do goleiro Pio, mandou a bola caprichosamente na trave, estancando a já iniciada comemoração do atleta.

O segundo tempo começou e o Confiança continuou melhor, para sua sorte, quando o Itabaiana colocou Ferreira em campo, Aldair sentiu a parte posterior da coxa esquerda e acabou deixando o campo de jogo, em seguida o Dragão do Bairro marcou o primeiro gol da partida por intermédio de Aminthas que mais tarde selaria a vitória do time proletário marcando mais um. Confiança 2 X 0 Itabaiana, em nossa opinião foi um resultado justo pois, a equipe do Bairro Industrial além de apresentar um maior volume de jogo, ainda soube converter suas jogadas em gols. No próximo sábado o jogo de volta acontecerá no Presidente Médice e a excelente equipe do Itabaiana tem toda chance de se recuperar, é só vencer pelo escore mínimo e partir para disputa de pênaltis, já o Confiança joga pela vantagem do empate para conquistar mais um título azulino nesta temporada.

No domingo acompanhamos pela telinha o jogo entre Atlético do Paraná e São Caetano, as duas equipes vivas na competição e em busca do título, o time do ABC paulista saiu na frente com Marcinho, assustando momentaneamente a torcida que fazia ferver o caldeirão. Foi só começar o segundo tempo que o Atlético mostrou o que tem, um time com grandes jogadores e um comando técnico invejável. Foi se valendo da qualidade dos atletas que Levi Culpi armou uma equipe coesa e ao mesmo tempo competitiva, com jogadas eficientes e acima de tudo lindas de se vê. O primeiro gol foi simplesmente algo espetacular, numa triangulação entre Fernandinho, Jadson e Washington que fez o pivô perfeito, parecendo até uma jogada de Futsal com toques rápidos e envolventes, Denis Marques marcou o gol de empate. Daí por diante só deu Atlético que chegou aos 3 X 1 e em seguida levou um outro susto com o segundo gol do São Caetano, o Atlético marcaria mais tarde seu quarto gol através de Washington e num belo chute no ângulo superior direito do gol adversário o atleta Denis Marques marcou uma “Pintura de Gol”, dando cifras finais ao jogo, e o Atlético partindo firme em busca do título.  

  Por: Raniel de Jesus Pereira

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais