Vasco vence o Flu e conquista a Taça Rio

0

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ) – O sonho do bicampeonato está mais vivo do que nunca para o Vasco. Neste domingo, a equipe derrotou o Fluminense por 2 a 1, conquistando a Taça Rio e, consequentemente, garantindo sua vaga na decisão do Campeonato Estadual, onde disputará o título com o Flamengo, a partir do próximo fim de semana. Já os tricolores, assim como já havia acontecido na Taça Guanabara, ficaram com o vice-campeonato do segundo turno, apesar de todo investimento feito para esta temporada. Os gols do clássico foram marcados por Valdir e Beto, para o Vasco, enquanto Romário descontou para o Flu. Assim como toda decisão, o jogo começou de forma muito nervosa. As duas equipes procuravam se estudar e não se abriam muito, para não dar espaços ao adversário. Além disso, o árbitro Edilson Soares da Silva tentava impor a disciplina e mostrou dois cartões com cinco minutos de partida, para Diego e Róbson Luiz. Do lado do Fluminense, o atacante Edmundo buscava jogo, apesar do longo tempo afastado dos campos. Constantemente, o jogador era visto no meio-campo, puxando as jogadas de ataque. Já pelo Vasco, Róbson Luiz parecia desambientado no ataque, depois de atuar durante todo o Campeonato Estadual como meia. Com 20 minutos de jogo, os vascaínos haviam dado três chutes em gol, nenhuma com perigo, enquanto os tricolores ainda não tinham acertado chute no gol de Fábio. Coube então a Valdir criar emoção na partida. Aos 22 minutos, o Bigode dominou na entrada da área, girou sobre a zaga e acertou um forte chute rasteiro no canto direito do goleiro Fernando Henrique. Foi o décimo terceiro do atacante, artilheiro do Estadual. E Valdir ainda poderia ter ampliado dois minutos depois, quando recebeu sozinho dentro da área. Após dominar errado, no entanto, o atacante permitiu que Fernando Henrique saísse do gol e salvasse o Fluminense. A desvantagem no placar deixou os tricolores nervosos e alguns jogadores já batiam boca em campo. O time das Laranjeiras ainda sofreu um duro golpe aos 30 minutos, quando Roger deixou o jogo, após ser atingido no rosto, quando chegou a ficar inconsciente. Antes do final do primeiro tempo, o Vasco ainda esteve perto de marcar o segundo gol novamente com Valdir. Aos 40, Beto cobrou falta para a área e o Bigode cabeceou rente à trave esquerda do goleiro tricolor. O Fluminense voltou do intervalo com Marcelo, artilheiro da equipe no Estadual, no lugar de Edmundo, que mais uma vez não marcou gol no ex-clube, do qual é torcedor confesso. Mas quem criou a primeira grande chance foi o Vasco. aos quatro minutos, Róbson Luiz dominou na entrada da área e chutou forte, mas Fernando Henrique fez grande defesa. A resposta tricolor veio aos sete; Ramon cobrou falta da meia-lua e Fábio defendeu no reflexo e evitou o empate do adversário. Vendo que seu time ainda encontrava dificuldades para pressionar o Vasco, Ricardo Gomes decidiu sacar o meia alan e lançou Alex, deixando o Fluminense com três atacantes. Do outro lado, o Vasco não deixava de atacar, apesar de estar com o placar a seu favor. Aos 18, Róbson novamente assustou os tricolores ao bater com força para boa defesa do goleiro adversário. E a tática ofensiva do time de São Januário acabou dando resultado aos 25, quando Róbson dominou na área e rolou para Beto chutar sem chance defesa para Fernando Henrique. Vasco 2 a 0. Daí para o final do jogo, o Fluminense buscou timidamente uma reação e conseguiu um pênalti aos 47 minutos, quando Wescley derrubou Marcelo na área. Na cobrança, Romário conseguiu descontar, mas o título estava garantido. Nas arquibancadas, a torcida vascaína fazia a festa e provocava o Flamengo, adversário na decisão do Estadual. Agora, rubro-negros e cruzmaltinos decidirão nos dias 11 e 18 quem será o melhor time do Rio de Janeiro. Ficha Técnica: Vasco 2×1 Fluminense Vasco: Fábio, Claudemir, Wescley, Henrique e Victor Boleta; Coutinho, Ygor, Rodrigo Souto (Junior), Beto e Róbson Luiz e Valdir. Técnico: Geninho Fluminense: Fernando Henrique, Leonardo Moura, Odvan, Antônio Carlos e Júnior César; Marcão, Diego, Alan (Alex) e Roger (Ramon); Edmundo (Marcelo) e Romário. Técnico: Ricardo Gomes Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ) Data: 04/04/2004 (domingo) Árbitro: Edilson Soares da Silva Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés e José Cláudio Ramos Cartões amarelos: Róbson Luiz, Claudemir, Wescley (Vasco); Diego, Odvan (Fluminense) Gols: Valdir aos 22″ do 1º Tempo; Beto aos 25″ do 2º Tempo (Vasco); Romário aos 47″ do 2º Tempo (Fluminense).

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais