Anderson de Tuca quer identificação de ciclomotores

0
(Foto: Assessoria de Imprensa)

O vereador Anderson de Tuca (PRTB) usou a Tribuna da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), nesta terça-feira, 24, para fazer um apelo aos órgãos de fiscalização do trânsito, no sentido de criarem mecanismos para identificar os ciclomotores que estão sendo vendidos sem nenhum tipo de controle.

O parlamentar ressaltou que conversou com o presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Sergipe (Detran/SE), Edgar Mota, e cobrou uma posição do dirigente. “Fiz esse apelo para que criemos formas para controlar esses veículos que acabam se tornando verdadeiras armas no trânsito, tendo em vista que o seu condutor, em muitos casos, não possui os requisitos mínimos ou a competência necessária para pilotar”, disse.

Segundo Anderson, é preciso que os órgãos de trânsito se unam e pensem em uma solução imediata para o problema. “Como não existe nenhuma forma de identificação, esses veículos acabam sendo usados para a prática de crimes, como assaltos, o que eleva, ainda mais, o índice de violência”, destacou.

Uma solução, de acordo com o vereador, seria a exigência de que o ciclomotor saísse de fábrica já com uma forma de documentação. “Hoje, apenas a nota fiscal de compra é exigida, mas sabemos que muitos desses documentos não são verdadeiros e acaba dificultando a devida identificação”, afirmou.

Anderson lembrou que o pátio do Detran está abarrotado de veículos desse tipo. “São diversos ciclomotores apreendidos todos os meses, no entanto, precisamos agir para evitar que essas motonetas sejam conduzidas por menores de idade, por pessoas sem capacete ou sem a devida condição. Não queremos identificar para onerar ainda mais as pessoas, o que queremos é salvar vidas e impedir mais mortes por causa desses veículos”, assegurou.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais