Aposentados protestam contra privatizações e reformas

0
Aposentados e pensionistas fazem ato na praça General Valadão (Foto: Portal Infonet)

Aposentados e pensionistas de diversos segmentos se reuniram na manhã desta quinta-feira, 25, na praça General Valadão, em protesto aos planos de privatização de órgãos públicos, Reforma da Previdência e atrasos de salários.

A atividade é alusiva ao Dia Nacional dos Aposentados, comemorado no dia 24 de janeiro. Organizado pelos membros da Federação das Associações de Aposentados, Pensionistas e Idosos do Estado de Sergipe (Faapise), o evento serviu para alertar sobre a situação de empresas estatais que vivem expectativa de venda ao capital estrangeiro. “Fazemos este ato por não ter o que comemorar. A Petrobras, por exemplo, está em fase acelerada de terceirização, vendendo ativos. Ela garantia 70% do PIB de Sergipe nos anos 90, a participação veio caindo até hoje, que é de 18%. A consequência disso é a dificuldade em pagar nossos salários”, lamentou Alealdo Hilário, secretário-geral.

Alealdo Hilário, do Faapise, criticou privatizações e reformas (Foto: Portal Infonet)

Durante ao ato, foi fornecido um café da manhã, além da presença de um médico, que aferiu a pressão arterial dos idosos e da oportunidade de dialogar com a classe.

O representante criticou também a proposta de Reforma da Previdência, que deve ser colocada na pauta de votação do Congresso Nacional este ano. “Não podemos fazer greve por não estar ligados a empresas. Mas podemos fazer atos, pois não concordamos com a venda das nossas reservas minerais e nem com a reforma, que irá trazer sequelas terríveis para as futuras aposentadorias. Temos filhos, netos, e queremos uma aposentadoria de qualidade para eles. Estamos perdendo estes direitos, tanto que um companheiro se aposenta e precisa retornar ao mercado de trabalho”, criticou Hilário.

Por Victor Siqueira

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais