Aprovada a Moção de Apelo a ministro para rever cortes na UFS

0
(Foto: Aninha Mendonça/ Ascom)

A Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) aprovou nesta quarta-feira, 22, a Moção de Apelo proposta pela deputada estadual Maria Mendonça (PSDB) para que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, reveja a decisão de cortar recursos das instituições superiores, especialmente, da Universidade Federal de Sergipe (UFS). “Já aprovada, a Moção será encaminhada ao senhor ministro para que ele repense essa atitude que já traz prejuízos à instituição e à comunidade acadêmica do nosso Estado”, frisou.

Para Maria, esse corte verba compromete o processo de formação e de capacitação de milhares de jovens que têm a universidade pública como única alternativa para ter acesso a um curso superior. “Quando eu fui prefeita de Itabaiana, encampei a luta para a construção do Campus da UFS que lá existe. E tenho clareza de que ele foi um divisor de águas. Os jovens, não só de Itabaiana, mas de toda a região circunvizinha teve acesso a uma faculdade pública, com quadro técnico, cursos e corpo docente destacados”, argumentou.

Na avaliação da deputada, cortar verbas da instituição representa um retrocesso para Sergipe e para o país. “Assegurar a educação gratuita, é garantir o pleno desenvolvimento. Ela lembrou que UFS oferece 113 cursos de graduação, além dos programas de extensão, mestrado e doutorado, bem como dos dois hospitais universitários que são referências para o país. Ela observou que o Hospital Universitário é referência na pesquisa sobre a microcefalia. “Pouco tempo atrás, uma equipe da Universidade de São Paulo veio até o nosso Hospital Universitário para conhecer o trabalho que é realizado sobre a microcefalia”, atestou.

Fonte: assessoria parlamentar

Comentários