Aracaju ganha com obra do Mergulhão

0

(Foto: Pedro Leite/AAN)

Uma das prioridades da atual gestão, o Complexo Viário Governador Marcelo Déda, que inclui o viaduto Jornalista Hugo Costa, avenidas Tancredo Neves, Iolanda Pinto, Paulo VI e vereador Manoel Dória, além da ponte Gilberto Vila-Nova de Carvalho, será entregue aos aracajuanos nos próximos dias e irá melhorar significativamente a mobilidade, a infraestrutura e a urbanização de uma região que vai desde o bairro Jardins, passa pelo Inácio Barbosa, chegando ao conjunto Augusto Franco. A equipe do Portal Infonet entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura que confirmou que a obra será entregue no dia 21 desse mês.

Encontrada paralisada e com problemas no projeto inicial, a obra foi tomada com uma das prioridades da atual administração, que trabalhou para corrigir os entraves, garantir os recursos e reiniciar o serviço. Com muito esforço, o prefeito João Alves, o secretário municipal de Infraestrutura, Luiz Durval Tavares e a equipe da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) conseguiram equacionar os problemas e dar andamento à obra em um ritmo de trabalho satisfatório. Para isso, cerca de 200 profissionais da empreiteira contratada pela Emurb trabalharam diariamente para concluir a obra do Mergulhão, como se popularizou.

"Após intenso trabalho, diálogos sinceros com a empreiteira, os órgãos financiadores e, sobretudo, com a população que mora naquela região, finalmente entramos na reta final e temos a estimativa de entregar todo o Complexo Viário concluído próximo às  comemorações do aniversário de Aracaju. É um presente que certamente vai agradar a todos. Tanto a administração municipal, liderada pelo prefeito João Alves, quanto o cidadão que quer trafegar pela cidade com segurança e sem engarrafamentos, comemora esse importante investimento", afirma Luiz Durval.

A Obra

Orçada em mais de R$ 34,5 milhões, com recursos conveniados da PMA com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a obra é um moderno conjunto urbanístico que inclui, além do Mergulhão, cuja extensão mede 90 metros, uma ciclovia com 4.300 metros, um canal em concreto armado, implantação de rede de drenagem tubular, pavimentação asfáltica e iluminação, além da urbanização do trecho final da avenida Iolanda Pinto Barbosa, duplicação da avenida Paulo VI até a ponte Gilberto Vila-Nova de Carvalho.

Fonte: AAN

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais