Candidato desiste das eleições de Neópolis

0

Programadas para o domingo, 25, as eleições suplementares de Neópolis devem sofrer uma baixa nos próximos dias. É que um dos candidatos à prefeitura, Aminthas Diniz Torjal Dantas (PDT), sinalizou que vai desistir do pleito, abrindo o caminho para o outro candidato, Marcelo Guedes de Souza (PTB).

Segundo Aminthas, uma reunião entre os partidos coligados deve acontecer entre terça e quarta-feira da próxima semana para definir se haverá um substituto para ele nas eleições e, caso haja, qual vai ser o nome escolhido. Aminthas, no entanto, foi bem subjetivo ao apontar os motivos que o levaram a desistir do pleito.

“Neópolis passa pela maior crise moral dos últimos tempos. O nível da política está muito baixo. Não quero mais concorrer às eleições”, declara o candidato.

Neópolis ainda não está em clima de eleições
Já o candidato oponente, Marcelo Guedes de Souza (PTB), afirma que a renúncia de Aminthas Torjal não muda em nada os rumos da campanha que já vem sendo feita. “Continuamos com o mesmo ritmo, o mesmo discurso, as mesmas propostas e a mesma fé”, afirma Marcelo, dizendo que ainda espera a formalização da renúncia.

De acordo com o chefe da 15º Zona Eleitoral, Paulo César, o candidato Aminthas Torjal tem até o dia do pleito para formalizar sua saída. Os partidos coligados têm até o dia anterior para indicar um candidato substituto, caso haja. “Oficialmente, o candidato Aminthas ainda não entrou com pedido formal de renúncia. De acordo com uma resolução de 2008, ele pode fazer isso até um dia antes das eleições”, explica.

Ainda segundo Paulo César, caso a renúncia seja concretizada e o candidato não tenha um substituto para a eleição, o outro candidato concorre sozinho.

Sem clima de eleição

Marcelo Guedes
Para o candidato Marcelo Guedes, o adiamento das eleições suplementares de Neópolis, que aconteceriam inicialmente em 5 de julho, esfriou o clima que normalmente precede as eleições na cidade. “Voltamos hoje com a campanha nas ruas, com as caminhadas, carros de som e visitas às casas. A população, de uma maneira geral, perdeu um pouco o estímulo por conta do adiamento, mas o clima próprio de eleição está voltando agora com a proximidade do pleito”, conta Marcelo.

O chefe da 15ª Zona Eleitoral, Paulo César, conta que, com ou sem clima de eleição, 13.431 eleitores são esperados nas urnas no domingo, 25. Para tanto, foram convocados 184 mesários, responsáveis pelas 46 sessões eleitorais da cidade.

Por Helmo Goes e Glauco Vinícius

Comentários