Candidatos optam por nomes criativos nas urnas para atrair o eleitor

0
Candidatos usam a criatividade para chamar atenção do eleitor (Foto: TSE)

A disputa eleitoral já começou e traz com ela um lado engraçado e tradicional das eleições brasileiras: os nomes dos candidatos. Para se destacarem em meio a um mar de nomes, os candidatos abusam da criatividade e registraram suas candidaturas com nomes engraçados, estranhos e até mesmo polêmicos.

Segundo o TSE, em Sergipe 6.419 mil pessoas solicitaram registro de candidatura para disputar os cargos de vereadores, e 253 disputam os cargos de prefeitos nos 75 municípios do Estado. E para chamar a atenção do eleitor, os candidatos abusam da originalidade. 709 candidatos concorrem a uma vaga na Câmara de Vereadores de Aracaju, entre os doutores, coronéis, pastores e professores, estão super-heróis, vilões, remédios, comidas e personagens.

Na disputa alguns declaram não ter coração (Adalgiza a mulher sem coração – Pode), outros oferecem amizade (Beth sempre amiga – Pode) ou sonham alto (Allyson o Sonhador – PTB), mas há um desejo em comum entre esses candidatos: todos querem ocupar uma cadeira na CMA.

Branca de Neve (Pode), Chapolin (Solidariedade), Coringa ( PC do B) e até mesmo o Boneco de Olinda (Pode) disputam as eleições municipais em Aracaju. E para vencer essa disputa vai ser preciso muita Sopa (PSD), Mocotó (PV) e até mesmo umas boas doses de Diazepan (PSDB).

Por Karla Pinheiro

Comentários