Centrais definem mobilizações da Greve Geral

0
Centrais definem mobilizações no dia da greve geral (Foto: Arquivo Infonet)

As centrais sindicais já começaram a definir as pautas de mobilização da Greve Geral e também do que será feito durante este mês de fevereiro, em reunião realizada nesta quarta-feira, 7, no Sindicato dos Bancários.

Estiveram  na reunião entidades vinculadas a Central Única dos Trabalhadores (CUT), Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB) e Nova Central.

De acordo com Roberto Silva, diretor da Central Única dos Trabalhadores (CUT), os atos contra a Reforma da Previdência terão dois focos. “No dia 19, pela manhã daremos início à Greve Geral. Pela tarde, faremos uma manifestação no Palácio dos Despachos”, informou.

Ficou definido que antes, no dia 15, haverá uma manifestação na sede do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu), vizinho ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse) contra os problemas relacionados à saúde. “Haverá esse e no dia 22 faremos uma vigília na Assembleia Legislativa para entregar as pautas do serviço público estadual, reclamar dos atrasos salariais, cobrar transparência por parte do Governo do Estado e saber como vai ficar a situação de mais de 6 mil trabalhadores vinculados à Fundação Hospitalar de Sergipe (FHS), que será extinta próximo ano. Cobraremos uma intervenção”, detalhou Silva.

No fim do mês, serão definidas as ações de março.

Reforma da Previdência

Desde que colocadas em pauta, as reformas do Governo Federal vêm gerando mobilizações em todo o país. A votação está marcada para acontecer no dia 19 de fevereiro, na Câmara dos Deputados, e as centrais sindicais prometem parar o país.

Por Victor Siqueira

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais