Comandante da PM pode ser afastado

0

Coronel pode ser afastado / Foto: Arquivo Infonet
Caso seja comprovada a participação do comandante da Polícia Militar (PM) na fuga do preso Giuseppe Amaral do Presídio Militar, ele será afastado do comando da corporação. Foi o que afirmou o governador do Estado, Marcelo Déda em entrevista a um jornal impresso local neste domingo, 03.

Segundo Déda, “se a auditoria indicar o comandante, seu afastamento será automático”. Ele disse ainda que isso ocorrerá em decorrência das regras militares. “É regra que aquele que está respondendo a um inquérito não pode continuar no comando da instituição”, argumentou o governador.

Déda já solicitou um cópia do inquérito para examinar a questão e avaliar a posição da Procuradoria Geral do Estado. 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais