Conselheiros manifestam apoio a sistema que avalia Educação Básica

0
A novidade está prevista em projeto de lei enviado à Alese (Foto: Ascom/TCE)

Instrumento que objetiva diagnosticar os níveis de aprendizagem dos alunos das redes públicas de ensino Estadual e municipais, o Sistema de Avaliação da Educação Básica de Sergipe (Saese) recebeu manifestações de apoio de membros do Tribunal de Contas do Estado (TCE/SE) e do Ministério Público de Contas (MPC).

A novidade está prevista em projeto de lei enviado à Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) pelo Governo do Estado, que a vê como uma ferramenta para o subsídio, formulação e monitoramento das políticas educacionais.

“Para que a educação pública em nosso Estado se qualifique devemos incentivar as boas práticas e com esse sistema de avaliação será possível diagnosticar a realidade de cada escola; se não tivermos como identificar as demandas enfrentadas pelos professores, no dia a dia, não teremos como superar os desafios”, observa a conselheira Susana Azevedo.

De igual forma conclui o conselheiro Clóvis Barbosa: “Medidas que visem diagnosticar o nível de aprendizagem dos alunos são valiosas para auxiliar a administração pública, pois possibilitam a melhoria do ensino através de um planejamento mais eficiente, com foco nas áreas mais deficitárias”.  
As informações que irão compor o Saese são referentes aos indicadores nacionais de rendimento escolar que medem desempenho dos estudantes. A ação será efetivada por meio da aplicação de testes de proficiência em todas as escolas das redes públicas.

Conforme o procurador-geral do MPC, João Augusto Bandeira de Mello, pesquisas mostram que é fundamental a adoção de instrumentos de avaliação para que a Educação tenha um salto de qualidade. “Então, é importantíssimo avaliar se o aluno está aprendendo, onde estão as deficiências do ensino, notadamente para identificar no início esse problema para que ele não se espalhe pela vida acadêmica do aluno, sendo mais difícil reverter depois”, destaca.

Serão avaliados todos os alunos do 2º, 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e 3ª série do Ensino Médio nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, podendo, a qualquer tempo, estender-se a outros anos, bem como a outros componentes curriculares da Educação Básica.
Fonte: TCE 
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais