CUT confirma ato em Malhada dos Bois

0

Servidoras foram colocadas para varrer ruas

A Central Única dos Trabalhadores (CUT), promete fazer nesta sexta-feira, 6, um ato contra a postura do prefeito de Malhada dos Bois, Augusto César Aguiar, em desviar de função, servidoras da prefeitura que não votaram nele nas eleições passadas. 

No último dia 23 de janeiro, o fato foi denunciado pelo portal Infonet, quando mostrou um grupo de mulheres, a exemplo de atendentes e merendeiras, que passaram a trabalhar como garis. São cerca de 50 pessoas prejudicadas.

A manifestação terá início às 8h, com concentração na praça da Igreja.  De lá, servidores e representantes da CUT vão até à sede da prefeitura tentar fazer com que o prefeito Augusto César, receba uma comissão de servidores para discutir a situação.

“O pior é que acabei de receber a informação dando conta de que o prefeito vai se reunir esta manhã com alguns servidores. Talvez seja para pressioná-los a não participar do ato desta sexta-feira”, entende o diretor de organizações da CUT e presidente da Federação dos Servidores Públicos Municipais do Estado, Edmilson  Balbino Santos Filho, confirmando a manifestação.

Por telefone, a reportagem do Portal Infonet, tentou ouvir o prefeito Augusto César, mas as chamadas foram enviadas para a caixa de mensagens e na Prefeitura de Malhada dos Bois, a informação da secretária Gleice Maria foi de que o prefeito não se encontrava e que não podia liberar os contatos telefônicos.

OBS: Depois da publicação desta matéria o prefeito Augusto César entrou em contato com o Portal Infonet. Clique aqui e confira a explicação do prefeito quanto a situação das servidoras do município de Malhada dos Bois.

Por Aldaci de Souza

 

 

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais