Déda comenta decisão do TSE em que foi absolvido

0

Marcelo Déda: “Calamos aqueles que tentaram atingir a minha biografia (Fotos: Portal Infonet)

O governador Marcelo Déda (PT) comentou no final da tarde desta quarta-feira, 22 no Aeroporto de Aracaju, quando retornava de Brasília, a decisão unânime do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em arquivar o recurso que pedia a cassação do seu mandato, sob a acusação de realizar propaganda irregular, abuso de poder econômico e de autoridade durante a campanha de 2006 ao Governo de Sergipe.

“Eu acredito que o resultado mostra a justeza da nossa campanha. O TSE ontem rendeu-se à soberania popular e não aceitou que a vontade do povo em 2006 fosse derrotada no tapetão, comprovando uma campanha digna e ética”, disse.

Déda destacou que “ao longo de quatro anos eu fui caluniado, ofendido por conta desse processo. Tem um ditado popular que diz que a Justiça tarda, mas não falha. A decisão por unanimidade, repetindo a vontade do TRE de Sergipe, demonstra a lisura do meu modo de fazer política. Foi uma decisão que defende a vontade soberana do povo sergipano e fortalece a democracia. E considero que o TSE fez justiça, não diria justiça pessoal, mas ao povo de Sergipe”.

O governador afirmou ainda: “nós calamos de forma definitiva aqueles que tentaram atingir a minha biografia. Eu tava tranqüilo porque na hora que o julgamento acontecesse, eu seria absolvido e graças a Deus a vitória foi eloqüente demais”. Ele foi recebido no aeroporto por familiares, secretários de Estado, lideranças políticas e simpatizantes.

O pedido de cassação foi apresentado pelo Partido dos Aposentados da Nação (PAN), sob a acusação de realizar no rádio e na TV, propaganda irregular, abuso do poder econômico e abuso de autoridade, ao sair da Prefeitura de Aracaju com vistas à disputa pelo Governo do Estado.

Por Aldaci de Souza

Comentários