Déda discute ampliação de programa com cônsul dos Estados Unidos

0

Déda recepciona Chistopher Del Corso (Foto: Marco Vieira)
Na tarde desta segunda-feira, 24, o governador Marcelo Déda recebeu em seu gabinete o cônsul dos Estados Unidos em Recife, Christopher Del Corso. Realizada em caráter de cortesia, a visita também marcou o início do processo de renovação da parceria entre o Governo de Sergipe e a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (Usaid) para a ampliação do programa Enter Jovem Plus, iniciativa que gerou oportunidades de qualificação para o primeiro emprego para mais de 450 sergipanos.

O governador Marcelo Déda ressaltou a importância da consolidação desse convênio. “Essa parceria com o consulado americano já nos permitiu treinar quase 500 jovens, preparando-os para o mercado de trabalho e fazendo com que eles pudessem ser integrados aos programas de desenvolvimento econômico do Estado. Quem o assinou conosco foi o então embaixador americano Clifford Sobel. Hoje em dia, este programa está sendo concluído e estamos tratando de renová-lo, o que poderá levar a mais 600 jovens sergipanos a oportunidade de aprender inglês, informática e a de adentrar no mercado de trabalho com mais preparo”.

O cônsul tambem frisou o sucesso do programa em Sergipe e o interesse do consulado em continuá-lo. “O Enter Jovem Plus é realizado na Bahia, em Pernambuco e será iniciado no Rio de Janeiro. E aqui em Sergipe ele foi tão bem sucedido que entramos em um entendimento com o Governo de Sergipe para prolongá-lo um pouco mais”.

Durante o encontro, Christopher Del Corso também anunciou o término de sua permanência no cargo, datado para o próximo mês de agosto, e a transferência de jurisdição consular de Sergipe, que deixará de responder ao distrito do Rio de Janeiro para se integrar ao de Recife. Para o agente oficial, a medida aproximará ainda mais as já avançadas relações entre Estado e consulado. “Poderemos trabalhar juntos em muito mais iniciativas”, frisou. O cônsul ainda aproveitou a oportunidade para parabenizar o governador pela reeleição e pela deflagração das recentes reformas administrativas, que contemplaram setores como direitos humanos e políticas para as mulheres.

O governador, por sua vez, destacou a importância do desenvolvimento da relação Brasil/Estados Unidos para o benefício de ambas as nações. “Os EUA são um parceiro histórico do Brasil. Como em qualquer relação internacional, há alguns conflitos aqui ou ali, mas todos passíveis de superação. Acredito que a interlocução é necessária pelo fundamental papel que o Brasil exerce na integração da América Latina. Hoje, nosso país se estabelece como uma liderança moral e política em uma região estrategicamente muito importante”.

Déda também respondeu a diversos questionamentos do cônsul acerca da realidade infraestrutural do estado, dentre as quais, o posicionamento sergipano para a tendência nacional de ampliação do mercado turístico. “Toda política de turismo do país estará voltada para a realização da Copa do Mundo de 2014, evento que colocará o Brasil no centro das atenções do mundo. E o nosso desafio é fazer com que os efeitos do evento esportivo não fiquem restritos aos locais que irão recebê-lo diretamente. Pretendemos ser uma alternativa de destino turístico para o público que irá assistir aos jogos nos estados vizinhos, além de nos estruturarmos como sub-sede”. A explanação do governador compreendeu uma síntese de ações que integraram a reconstrução da Rota do Sertão, a construção da Ponte Joel Silveira, a conclusão da ponte Gilberto Amado, o apoio estadual na duplicação da BR-101 e o amplo investimento realizado em Aracaju por meio do programa ‘Sergipe Capital’.

A visita do cônsul ao governador faz parte de uma ampla agenda do agente oficial no estado, que compreende reuniões com o secretário de Estado da Agricultura e ex-secretário de Estado do Trabalho, José Sobral, com o presidente da Federação das Indústrias de Sergipe (Fies), Eduardo Prado Oliveira, e com o secretário de Estado da Educação, Belivaldo Chagas.

Presenças

Acompanharam o encontro o deputado federal e já indicado secretário de Estado da Casa Civil, Jorge Alberto, o já indicado secretário de Estado da Agricultura, José Sobral, e o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Turismo, Jorge Santana.

Fonte: ASN

Comentários