Déda diz desconhecer saída de Rute Andrade

0

Rute Andrade: "Tentei moralizar" (Fotos: Arquivo Portal Infonet)

O governador Marcelo Déda (PT) informou quando deixava a solenidade de lançamento da pedra fundamental para a construção de mais uma fábrica no município de Nossa Senhora do Socorro, no início da tarde desta terça-feira, 5, não estar sabendo da saída da coordenadora do Setor de Oncologia do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), Rute Andrade.

Indagado pela reportagem do Portal Infonet se teria sido a saída da última indicação do deputado federal Rogério Carvalho (PT), Marcelo Déda foi enfático: “Quem faz as trocas são os secretários e eu nem estou sabendo disso”.

Após vários anos à frente do setor, Rute Andrade deverá ser substituída pelo médico oncologista Carlos Anselmo Lima. “Eu fiz uma campanha de moralização interna junto aos médicos. Eu tentei moralizar, o que não é fácil. E humanizar com decência e carinho, mas não fui compreendida. É aquela coisa: tira o técnico, demite o time”, ressalta a enfermeira Rute Andrade.

Marcelo Déda: "Não estou sabendo"

Funcionária pública federal lotada na Universidade Federal de Sergipe, Rute Andrade estava a disposição do Governo de Sergipe desde a primeira administração Marcelo Déda, em janeiro de 2007, tendo realizado um sério trabalho à frente do Setor de Oncologia do Huse junto aos pacientes com câncer, principalmente às crianças.

Repercussão

A mudança repercutiu na manhã desta terça-feira, 5 na Assembleia Legislativa de Sergipe. Segundo o líder da bancada do Partido dos Trabalhadores, João Daniel, a equipe comandada pela enfermeira Rute Andrade cumpriu uma tarefa difícil.

“Ela cumpriu uma tarefa revolucionária. Ontem recebi no meu gabinete uma comissão que representa mais de sessenta entidades que pediram uma intervenção para impedir a saída de Rute da Oncologia. Espero que a Secretaria de Saúde não ceda a setores conservadores, reacionários, que querem utilizar a Oncologia com objetivos políticos. Rute teve ética, moral e dignidade no comando do Setor de Oncologia do Hospital de Urgência de Sergipe”, destaca.

João Daniel: "Espero que o governador não ceda aos grupos que querem a Oncologia"

João Daniel disse ainda que a enfermeira vai deixar uma marca para as mães e as crianças. “Nenhuma outra deu tanto amor e carinho, sempre procurou, através do SUS, fazer um excelente trabalho. Espero que o governador não ceda aos grupos que querem a Oncologia do Huse para interesses econômicos e políticos”, enfatiza.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais