Déda diz que não transformará Proinveste em Frankenstein

0

Marcelo Déda: "Não vou transformar o projeto em um monstro de filme de terror" (Foto: Portal Infonet)

O governador Marcelo Déda (PT) informou na manhã desta sexta-feira, 4, durante solenidade na sede da Petrobras em Aracaju, que após o Pré-Caju pretende enviar à Assembleia Legislativa de Sergipe, uma convocação extraordinária. O objetivo é voltar a discutir e tentar aprovar o Proinveste, investimentos na ordem de R$ 727 milhões reprovados em dezembro pela bancada da oposição.

“Vou conversar com a presidente Angélica Guimarães pra que nós possamos de maneira conjunta escolhermos a melhor data e conversar com a nossa bancada de apoio e com os parlamentares e lideranças de oposição que aceitem abrir uma nova discussão, que o Governo está colocando com a maior humildade. Nós estamos dispostos a mudar o projeto original e a incorporar novas sugestões que possam atender a algumas preocupações e sugestões do Poder Legislativo”, destaca Marcelo Déda.

O governador de Sergipe deixou claro que a única coisa que o Governo não pode fazer é transformar o Proinveste em um Frankenstein. “Vocês conhecem Frankenstein, aquele monstro de um filme de terror, que tem um pedaço de cada pessoa. A gente não pode pegar o Proinveste que é um projeto estruturado, que atende às regras do Banco Central, do Conselho Monetário Nacional e da própria legislação que a presidente Dilma editou quando lançou o programa e transformar em uma colcha de retalhos”, enfatiza.

“Mantido o eixo, os objetivos, a filosofia e as metas do Proinveste, nós estamos abertos a incorporar uma nova sugestão, a aceitar toda a ideia razoável, toda a ideia responsável que for apresentada pela Assembleia, pelos partidos políticos, parlamentares ou lideranças oposicionistas”, adianta.

Perguntado pela reportagem do Portal Infonet se está confiante que vai convencer a oposição, Marcelo Déda foi enfático:
“Eu sou um otimista, todo dia de manhã quando eu boto os pés no chão eu tô lutando pela minha vida, confiante que vencerei todas as batalhas. Sou otimista com relação a consciência e ao espírito público de quem faz a Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe. Tenho um otimismo com alicerce, baseado no espírito público que deve habitar no coração de cada político. Político sem espírito público não prevalece na democracia”, acredita.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais