Déda quer melhoria na prestação do serviço público

0

Governador assina Termo de Posse dos novos secretários (Fotos: Marco Vieira)
“A expectativa é de que eles produzam um trabalho de qualidade buscando garantir, cada vez mais eficiência na ação do serviço público e levando em conta que o principal objetivo do governo é servir à população. Todos eles terão como missão principal à frente de suas pastas realizarem, com qualidade, um trabalho que melhore a prestação do serviço público, ampliando e universalizando o acesso às políticas públicas”. A afirmação foi feita pelo governador Marcelo Déda (PT) na manhã desta quinta-feira, 3 durante posse dos sete secretários no auditório do Banese.

Foram empossados os novos titulares das secretarias de Estado de Governo (Francisco de Assis Dantas), Casa Civil (Jorge Alberto), Administração e

Marcelo Déda destaca preservação de valores e …
Planejamento (Oliveira Júnior), Agricultura e Desenvolvimento Agrário (José Marcedo Sobral), Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Turismo (Zeca da Silva); Trabalho, Juventude e Promoção da Igualdade Social (Marcelo Freitas) e da Articulação Política e Relações Institucionais, (João da Graças).

Indagado pela reportagem do Portal Infonet, se o presidente do Instituto da Previdência do Estado de Sergipe (IPES), Vinícius Barbosa Melo está confirmado para continuar no cargo, o governador disse: “eu só vou discutir o segundo escalão a partir da posse desses secretários. Vou me reunir com eles. Vou ouvir opiniões, examinar as sugestões e naturalmente alguns nomes serão mudados. Mas não tem uma data definida para ser feito, mudaremos pontualmente”.

Novas pastas

Marcelo Déda informou que titulares das novas pastas que serão criadas com a reforma administrativa assumirão posteriormente. Entre elas, as secretarias de Direitos Humanos e Promoção das Pessoas Portadoras de Necessidades Especiais (Iran Barbosa); do Turismo (Élber Batalha Filho); do Desenvolvimento Urbano, Saneamento, Habitação e Transportes (Antônio Sérgio Ferrari Vargas) e a Extraordinária de Políticas para Mulheres (Maria Teles). Haverá ainda a fusão das Secretarias de Administração e Planejamento.

Zeca da Silva demorou para ouvir o seu nome… (Foto: Marcos Rodrigues)
“O que estamos fazendo é incorporar, de forma transparente, as forças políticas que conosco enfrentaram a disputa eleitoral. Vamos buscar consolidar os avanços num processo de continuidade propositiva e afirmativa, preservando valores e buscando atuar cada vez melhor”, enfatiza.

Esquecido

Com o auditório do Banese lotado, os novos secretários começaram a ser chamados. Mas um deles foi esquecido: Zeca da Silva (PSC) aguardou pacientemente que o cerimonial o chamasse para subir ao palco ao lado das autoridades presentes. Como todos foram chamados e ele não, o governador perguntou insistentemente: “Cadê Zeca?”.

… mas depois foi muito aplaudido (Foto: André Moreira/AAN)
Alguns convidados também já estavam se perguntando porque foram chamados apenas seis secretários , quando o novo  titular da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia e do Turismo (Sedetec) subiu ao palco acompanhado de muitos aplausos.

Demorado

Além de Zeca ter sido esquecido, outro fato chamou a atenção dos presentes à solenidade: o longo discurso do novo secretário da Casa Civil, Jorge Alberto Prado. Falando em nome de todos os empossados, ele destacou a incorporação de novas metas. “Integramos um governo que se renova

Jorge Alberto fez uma retrospectiva da sua administração

 

permanentemente na meta de cumprir os compromissos assumidos com o povo de Sergipe em consolidar as mudanças e continuar avançando”, disse fazendo uma retrospectiva de todo o período em que passou à frente da Secretaria de Estado da Administração.

Por Aldaci de Souza


 

Comentários