Deputada lembra sanção da Lei Maria da Penha

0

Deputada Ana Lúcia (Foto: Divulgação)
A deputada estadual Ana Lúcia (PT) usou a tribuna da Assembleia Legislativa para comemorar os quatro anos da sanção da Lei Maria da Penha, completada no dia 7 de agosto. Ela apresentou na última segunda-feira, 9, dados da Secretaria de Políticas para as Mulheres com o perfil da violência doméstica a partir do balanço semestral da Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180.

Os dados são inéditos e correspondem aos atendimentos de janeiro a junho deste ano. Nesse período, o Ligue 180 registrou 343.063  atendimentos – um aumento de 112% em relação ao mesmo período de  2009 (161.774). Na avaliação da deputada Ana Lúcia, “os números indicam que a mulher está tendo muito mais coragem de denunciar”.

Conforme os dados, 70% das notificações são de violência física. Um dado interessante é que 69% das mulheres violentadas são independentes, possuem autonomia financeira, o que, segundo Ana Lúcia, “demonstra que a violência é uma idéia enraizada, cultural, da nossa educação e criação”.

“A Lei Maria da Penha tem possibilitado aos gestores perceber que é necessário criar uma estrutura e uma política pública tanto de proteção à mulher quanto de da necessidade de superação da concepção de que a mulher é propriedade do homem”, diz a deputada.

Ana Lúcia defende que o tema ‘violência’ deve ser debatido mais, especialmente nos clubes de serviços, nas escolas, e em todos os espaços sociais. “Precisamos tematizar a questão da violência de um modo geral, mas também da violência contra a mulher e contra crianças e adolescentes”, afirma a parlamentar petista.

Fonte: Assessoria da deputada

Comentários