Deputado diz que atrelamento do DEM com PSDB não foi bom

0

Deputados respondem questionamentos (Fotos: Portal Infonet)

Os deputados federais Mendonça Prado (DEM/SE) e Onyx Lorenzoni (DEM/RS), concederam entrevista coletiva na manhã desta terça-feira, 21 no Quality Hotel em Aracaju.  Eles destacaram a atuação do Partido Democratas no Congresso Nacional e as perspectivas da agremiação partidária para o futuro. Na ocasião, o parlamentar gaúcho disse que o atrelamento nas últimas eleições com o PSDB não foi bom para o Democratas.

“Nós queremos mostrar a nossa atuação na Câmara dos Deputados, a defesa da modernização do Brasil, da redução de impostos. Nós temos um Brasil hoje com uma série de problemas nos aeroportos, nos portos, nas rodovias. Faltam médicos nas cidades interioranas. E nós queremos dar celeridade aos projetos como a criação do Fundo da Segurança Pública e Instituição do Piso Nacional, através de um modelo de gerência diferenciado”, ressalta.

Mendonça Prado: "Estamos tratando de organizar o partido"

Sobre as eleições governamentais de 2014, o deputado Mendonça Prado afirmou estar organizando a sigla para o próximo pleito.

“Nós estamos tratando de organizar. O partido não é só eleição majoritária, de governador, de senador. Nós temos que filiar gente para candidaturas aos cargos de deputados federais, estaduais. O nosso desejo é de fortalecer a nossa sigla para que ela conquiste novos quadros, pessoas novas, profissionais liberais, advogados, médicos, para que possam se filiar a nossa agremiação partidária e disputar eleições partidárias defendendo as nossas teses”, destaca.

Estruturação

O deputado Onyx Lorenzoni informou estar cumprindo uma série de visitas por todo o país. “Sergipe é o décimo quinto Estado que eu visito. Aqui temos grandes líderes, como o prefeito João Alves Filho, senadora Maria do Carmo e o deputado Mendonça Prado. Nós temos confiança de que o partido vai se constituir mais uma vez nas eleições do próximo ano como uma força importantíssima para o Sergipe e voltado para o atendimento das pessoas que residem aqui”, afirma.

Onyx Lorenzoni: "Nós queremos mudar o comando no Brasil"

O parlamentar disse ainda que Democratas tem uma avaliação nacional de que o atrelamento nas últimas eleições  ao PSDB não foi bom para o partido.

“A minha missão até novembro é de fazer a estruturação do partido nos estados, a preparação para as disputas estaduais. Nós temos três alternativas: uma candidatura própria, que pode ser de Zé Agripino, que é um senador de projeção nacional ao deputado Ronaldo Caiado, que é o atual líder. Poderá ser a opção de Aécio Neves ou de Eduardo Campos. Uma certeza, o povo sergipano há de ter, nós queremos mudar o comando no Brasil. Doze anos no Poder é tempo demais para o mesmo grupo político. É nisso que os Democratas vão estar empenhados”, entende.

Após a coletiva de imprensa, os deputados federais participaram de um seminário com intregrantes do DEM em Sergipe, no auditório do hotel.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais