Deputados aprovam projeto da saúde

0

Os deputados analisaram o projeto em comissões

Na manhã desta terça-feira, 22, os deputados estaduais atenderam a auto-convocação para aprovação de projetos. Apesar dos protestos de alguns servidores, o projeto que assegura a gratificação de estímulo a atividade hospitalar de alta complexidade do SUS(Gehosp) fixa e irreajustável foi aprovado.

O projeto foi aprovado por maioria com voto contrário da bancada de oposição e do deputado Luiz Mitidieri.

O deputado Rogério Carvalho, que deixou a condição de secretário só para participar da sessão, ressaltou que não se trata de um congelamento da gratificação. “Não é um congelamento, estamos transformando a

Rogério ocupou a sua vaga que é ocupada por Gilmar Carvalho  
gratificação em uma vantagem pessoal para cada servidor. Essa gratificação é fixa e incorporada ao salário do servidor e também será incorporada à aposentadoria”, explicou.

Convocação

O presidente da Assembléia Legislativa de Sergipe, Ulices Andrade, afirmou que a convocação não implica em nenhuma remuneração para a Assembléia. “Acatei o pedido dos parlamentares e estamos realizando essa auto-convocação sem nenhum ônus para a assembléia”, destacou Ulices.

Sobre a convocação o deputado Augusto Bezerra afirmou que foi uma maneira de pressionar os deputados. “Fomos convocados para votar uma maldade para os servidores. O governo trouxe até o deputado Rogério para pressionar os parlamentares para aprovação do projeto das fundações da saúde que já havia sido rejeitado”, explica.

Por Kátia Susanna

Comentários