Deputados vão ao TRF tentar barrar leilão de hospital

0

(Foto: Divulgação assessoria senador Eduardo Amorim)

Deputados estaduais continuam lutando para que o Hospital Regional Amparo de Maria, no município de Estância não seja levado a leilão na próxima quinta-feira, 27, conforme determinação da Justiça Federal. Os deputados João Daniel (PT), Augusto Bezerra (DEM) e Gilson Andrade (PTC) e o advogado da unidade de saúde, Milton Andrade, participaram nesta segunda, 24, de uma reunião no Recife (PE) com o senador Eduardo Amorim (PSC) e o presidente do Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª Região, desembargador Francisco Wildo Lacerda Dantas.

No encontro, os parlamentares fizeram um apelo para a suspensão do leilão e destacaram a importância da unidade de saúde para a região Centro-Sul de Sergipe, além do caos previsto caso se confirme a realização do leilão.

Segundo o deputado João Daniel, o presidente do TRF se mostrou solidário e comunicou que o relator dos processos que serão julgados, é responsável e deverá tomar a decisão mais correta. “Saimos da audiência confiantes de que o leilão poderá ser suspenso e a população da região Centro-Sul vai continuar sendo atendida no Hospital Amparo de Maria, em Estância”, ressalta João Daniel.

“O desembargador Francisco Wildo nos recebeu muito bem e se mostrou solícito com a situação do Amparo de Maria. O hospital é importante para Sergipe, por isso, devemos procurar uma solução para que ele não vá a leilão. Vale ressaltar que HRAM realiza cerca de 4 mil partos por ano atendendo a população de nove municípios. Com o fechamento do hospital, o povo ficaria desassistido já que é a única maternidade naquela região Centro-Sul do Estado", completa o senador Eduardo Amorim.

Processos

Dos 11 processos na esfera federal que existiam pedindo a penhora do hospital, o Amparo de Maria conseguiu a vitória em nove. Em um deles foi feito parcelamento do débito no Tribunal Regional Federal da 5ª Região. Nesses processos, os desembargadores votaram a favor da sociedade, levando em conta o dano que seria para a comunidade e também para os funcionários caso o Hospital Amparo de Maria fosse a leilão e, posteriormente, fechado, uma vez que o leilão é em lotes.

Tramita na Justiça Federal em Recife recurso com pedido de liminar para tentar impedir o leilão que está marcado para acontecer às 9h, na Justiça Federal em Aracaju, no dia 27. Os processos pendentes estão nas mãos do desembargador federal Marcelo Navarro que deve apreciá-los nos próximos dias, antes da realização do leilão.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais