Dividido, PSL realiza evento de filiação em hotel de Aracaju

0
Dirigentes do PSL acolhem novos filiados (Fotos: Tarcísio Dantas/Assessoria PSL)

Dividido, o Partido Social Liberal (PSL), que elegeu o presidente Jair Bolsonaro, realizou no final da tarde deste sábado, 17, evento para recepcionar os novos filiados em Aracaju. Parte dos dirigentes defende que o partido seja liderado pela grupo do deputado federal Rodrigo Valadares (PTB) e prepara posse do irmão dele, Fábio Valadares, como presidente da Executiva Estadual.

Jefferson Santos conduz evento em hotel de Aracaju

Mas na solenidade deste sábado, nenhum dos dois compareceu. O ex-presidente do PSL Jovem, Jefferson Santos, dirigente da Executiva Municipal do partido em Nossa Senhora do Socorro, conduziu a reunião e assegurou que a unidade do partido prevalecerá. “Há algumas pessoas que pensam negativo, mas isso é normal”, disse.

Segundo ele, o deputado Rodrigo Valadares e o irmão Fábio Rodrigues estavam reunidos em outro ambiente, em Sergipe, cuidando de questões mais complexas que envolvem a filiação do parlamentar ao partido, apesar da legislação eleitoral ainda não favorecê-lo. “Mas tudo isso tá sendo tratando nessa outra reunião”, resumiu Jefferson Santos.

O empresário João Tarantela, que também se declara liderança do PSL, garante que nos próximos 60 dias ele conseguirá “reerguer” a sigla em Sergipe. “O partido do presidente da República não pode ser um braço do PTB, não pode ser uma extensão da família Valadares”, reage. “Vou continuar lutando e a gente vai recuperar e colocar o partido nos trilhos”, promete.

Tarantela diz que o partido enfrenta questões jurídicas, quanto à prestação de contas na Justiça Eleitoral e revelou que, por este motivo, o partido continua inapto no Estado. “Uma coisa que só vai resolver daqui uns 60 dias ou mais”, enalteceu.

O Portal Infonet tentou ouvir o deputado Rodrigo Valadares e o irmão dele, Fábio Valadares, mas não obteve êxito. O Portal Infonet permanece à disposição. Informações podem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

por Cassia Santana

Comentários