Elber ressalta papel da Câmara na luta GLBT

0

Elber Batalha: “Cada um tem o direito de ser como bem entende”
O vereador Elber Batalha Filho, que é o autor da lei que criminaliza a homofobia em Aracaju, foi o Padrinho da Parada GLBT 2009, realizada este domingo, 30, na Orla de Atalaia. De acordo com ele, sente muito honrado em estar sendo reconhecido por esta classe que merece o respeito de todos os seguimentos da sociedade.

“ O que nós vimos naquela orla foram pais, mães de família, não apregoando ou fazendo apologia a qualquer opção sexual, mas todos apenas dizendo que cada um têm o direito de ser como bem entende”, avaliou ao falar sobre a importância da Câmara de Vereadores para o movimento GLBT em Sergipe.

“Estivemos o vereador Emannuel Nascimento e eu prestigiando a Parada e quero registrar e ressaltar o importante papel da Câmara nas lutas GLBT”, disse ao destacar projetos que valorizam o movimento, a exemplo da lei de autoria do vereador Chico Buchinho, que instituiu no calendário do município de Aracaju a Parada GLBT e da vereadora Rosângela Santana, que também é defensora do movimento GLBT em Sergipe.

Para Elber: “é muito preocupante nos dias de hoje que o cidadão homossexual ainda tenha 37 diretos civis não garantidos por lei. No dia que deixarmos de ter o direito de sermos diferentes, deixaremos também o direito de sermos livres. Parabéns a CMA, a comunidade GLBT, e, sobretudo, parabéns aos aracajuanos que foram ontem na orla com alegria dizer que todos têm o direito de serem livres e de adotarem ideologia sexual, religiosa que melhor lhe aprouver”, finalizou.

Comentários