Emanuel Cacho é entrevistado desta segunda

0

Emanuel Cacho (Foto: Divulgação)
O Portal Infonet divulga nesta segunda-feira, 9, a entrevista com o candidato ao Senado por Sergipe, Emanuel Cacho, do PPS.  Entre os principais projetos do candidato, um em especial: o que separa os poderes. Acompanhe a entrevista:

Portal InfonetO que o levou a candidatar-se a uma vaga para o Senado da República?
Emanuel Cacho –
Sou um homem que acredita. Acredito que a qualidade de vida da população, principalmente a de baixa renda, pode melhorar, e muito, basta que as pessoas que hoje ocupam cargos no Executivo e Legislativo estejam imbuídas disso, tenham novas idéias, novas propostas, novos projetos e, é claro, vontade política para executá-las. Sou um homem que acredita no potencial das pessoas. Acredito mesmo que todos merecem uma oportunidade, pois somos iguais, não só perante a Lei. Somos iguais em capacidade e o que faz a mudança é, e sempre será a Educação. Sou um homem que acredita na Educação e como ela pode transformar a vida de uma pessoa. Eu sou um exemplo disso. Muitos que hoje vêem Emanuel Cacho apenas como um advogado de sucesso, Graças a Deus (98% de minhas causas foram ganhas) não sabem que comecei minha vida como camelô. Com muito esforço e sacrifícios, me formei em Direito, contrariando os que na época não acreditavam em mim. Trabalhei como Defensor Público em 3 mil processos. Fundei duas associações, a Sergipana e a Brasileira de Advogados Criminalistas, me pós-graduei pela Universidade de Coimbra, Portugal, com um estudo sobre o Crime do Colarinho Branco, tese esta aprovada pelo Instituto de Direito Econômico e Europeu; logo em seguida me especializei pela Universidade de Otawa, no Canadá em criminologia.  E hoje, após décadas de serviços prestados à população e às associações de classe, aceitei o chamado político e decidi apresentar meu nome, após receber total apoio da minha família e dos meus amigos. Como aracajuano sou candidato ao Senado, para representar meu querido Estado de Sergipe em Brasília porque acredito que posso sim fazer a diferença. Minha vida é marcada por lutas e vitórias. E apesar de ser uma candidatura sem muitos recursos financeiros, temos um verdadeiro batalhão de voluntários que também acreditam. Não estou sozinho. Somos muitos. E tenho certeza que honrarei a confiança depositada em mim. Uma vez defensor público… sempre defensor do povo.

Infonet – Quais os seus principais projetos caso seja eleito?
EC –
Defenderei a separação dos poderes, o respeito à Constituição e a limitação de Medidas Provisórias, o Estado de Direito, o Direito à Defesa e Segurança.

Infonet – De que maneira pretende contribuir para o Estado de Sergipe?
EC –
No Senado todos os Estados são iguais. Sergipe tem três senadores também como São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, etc. Sergipe só é pequeno em dimensão territorial. E apesar de ser o menor Estado da Federação tem um potencial de crescimento muito grande. Irei contribuir lutando pelos Direitos de Sergipe.

O dinheiro dos impostos dos sergipanos tem que voltar para os sergipanos em obras e serviços de qualidade. Estou acostumado a tribunais e sou conhecido no meio como um advogado que nunca desiste de uma causa. Para mim não há causa perdida. Sergipe vai ter no Senado um representante que acredita. Que acredita no potencial do seu Estado e nas pessoas que aqui vivem. Defendendo o que é certo, o Bem, para um Brasil melhor. 

Infonet – Como pretende conscientizar o eleitor de que é o diferencial?
EC –
O maior diferencial já está aí… nas ruas, com o povo sinalizando que quer a renovação dos senadores. Alguns de meus adversários estão entrando no páreo com dezenas de milhões para gastar na campanha. Nós não temos. Temos muito pouco comparado ao que vem por aí, mas temos algo muito mais valioso e que já está fazendo a diferença, uma onda, um movimento que está se avolumando e tomando forma, um batalhão de voluntários, pessoas que chegam pra mim dizendo: – Emanuel, eu acredito em você, no que é certo e vou te ajudar. Isso pra mim já é muito gratificante. A diferença está aí. É uma candidatura ao Senado, sem recursos financeiros, mas com milhares de pessoas que acreditam no Bem.

Infonet – O que levará em conta na hora de votar no Orçamento da União?
EC –
As prioridades de Sergipe, do povo sergipano, sempre. Isso é incontestável. Estarei lá para defender Sergipe. Serei Senador de Sergipe e um dos seus três defensores, e me comprometo principalmente em defender maiores investimentos para a Saúde, Educação e Infraestrutura.  

Infonet – Como irá fiscalizar o presidente da República?
EC –
Da forma correta e sempre em nome do interesse do povo. Se estiver na Situação ajudarei a construir um país ético e desenvolvimentista. Se for na Oposição serei correto na fiscalização e coerente com os interesses do povo.

Por Aldaci de Souza

 

Comentários