Encontro reúne mais de 600 vereadores em Laranjeiras

0

Mais de 600 vereadores compareceram ao evento
“Não existe política madura e séria sem legislativos fortes. A melhor maneira de se acabar com a democracia é desvalorizar o Poder Legislativo”. Com esta declaração o bispo auxiliar da Arquidiocese de Sergipe, Dom Henrique Sobral, celebrou o início do I Encontro de Vereadores do Estado de Sergipe, que acontece na Fazenda Boa Luz, em Laranjeiras. Durante esta sexta-feira, 6, representantes do legislativo municipal de todo o Estado estão reunidos para discutir temas relacionados à atividade parlamentar.

Cerca de 600 vereadores, dos 730 que formam o Poder Legislativo dos 75 municípios sergipanos, estão presentes no evento. Para o presidente da Câmara Municipal de Aracaju (CMA), Emanuel Nascimento (PT), e idealizador do encontro, a reunião entre os vereadores tem como objetivo fortalecer o legislativo através da troca de experiências entre os parlamentares.

“O presidentes das Câmaras regionais do centro sul, do sul, do sertão, do médio sertão, do leste sergipano e da Grande Aracaju já vêm se reunindo desde janeiro. Mas observamos a necessidade de reunirmos todos os vereadores como uma forma de nos aproximar, de trocar experiências, de nos unir, de nos conscientizar de nosso papel de fiscais. O poder legislativo municipal tem que ser livre, soberano e autônomo. Nosso objetivo é fazer esse trabalho cada vez mais em defesa da democracia”, declara Nascimento.

O presidente da OAB/SE, Henry Clay de Andrade, convidado do evento para falar sobre o “Poder fiscalizador do Vereador”, afirmou que “estou do lado dos vereadores como soldado pelo fortalecimento do poder legislativo e na luta pela democracia”. Já o deputado Federal Albano Franco garantiu que não aceita a redução orçamentária das Câmaras municipais de Sergipe e do Brasil.

Na mesa de abertura se fizeram presentes diversas autoridades como os presidentes das Câmaras regionais, o secretário de Articulação Política, Bosco Costa, o senador Antônio Carlos Valadares, o deputado Federal, Jackson Barreto, e o coordenador da Escola do Tribunal de Contas, Vanderson Melo. O I Encontro de Vereadores do Estado de Sergipe prossegue até as 16h com a criação e o debate sobre a Federação dos Vereadores do Estado de Sergipe.

Federação

Mesa de abertura do I Encontro de Vereadores de Sergipe
Com o objetivo de oficializar uma entidade que represente os vereadores e sirva de instrumento para a defesa da categoria, os vereadores criam, durante o I Encontro, a Federação dos Vereadores do Estado de Sergipe. A presidência da Federação será eleita durante o evento.

“Com a Federação queremos colocar para os vereadores a necessidade de lutarmos juntos, de contribuirmos um com o outro. Existem setores que até defendem a extinção da Câmara de Vereadores, aqueles que não têm compromisso com a democracia”, diz o presidente da CMA, Emanuel Nascimento.

Constrangimento

O deputado Federal Jackson Barreto passou por uma situação um tanto constrangedora durante o Encontro. Convidado por Emanuel Nascimento a se juntar à mesa, Jackson foi vaiado por uma parcela que estava presente por ter votado a favor da PEC que aumentaria o número de vereadores e diminuiria os recursos destinados às Câmaras. Alguns presentes solicitaram que ele deixasse a mesa mesmo após o deputado garantir que se colocaria à disposição dos vereadores e de seus objetivos.

 

 

 

 

 


 

Comentários