Estado receberá empréstimo de R$ 249 milhões

0

(Foto: Maria Odília)
Os deputados estaduais votaram nesta quarta-feira, 28, nas comissões temáticas e no plenário da Assembleia Legislativa, projetos de lei enviados pelos poderes Executivo e Judiciário. Entre os projetos votados, o líder do governo destacou a autorização para contrair empréstimo junto ao BNDES no valor de até R$ 249 milhões. O objetivo é reforçar o caixa do governo e compensar parte das constantes perdas de arrecadação com o Fundo de Participação dos Estados (FPE).

“Isso faz parte de uma combinação com o governo federal para compensação das perdas. O BNDES emprestará esse dinheiro, como forma de permitir com que os Estados atuem em seus municípios, não permitindo atrapalhar o ritmo dos investimentos”, explicou Gualberto, lembrando que a queda de receita é um fenômeno nacional, atingindo estados e municípios.

Outros dois projetos de lei autorizam o Estado a doar terrenos às prefeituras de Aracaju e Nossa Senhora do Socorro. Nesta última, a prefeitura pretende construir um Centro Administrativo no conjunto Marcos Freire I. O projeto referente ao Poder Judiciário diz respeito ao reajuste do vencimento básico dos cargos efetivos no órgão.

Francisco Gualberto também voltou a defender a implantação de Clínicas de Saúde em cidades do interior, no total de 102. Isso porque os deputados de oposição continuaram batendo no governo e insinuando que as referidas unidades de saúde, destinadas ao atendimento básico, serão ‘elefantes brancos’.

“As clínicas da família estão incomodando muito e certamente continuarão incomodando, já que certos políticos da oposição estão deixando de faturar eleitoralmente com o transporte de pessoas em ambulâncias de vereadores”, respondeu Gualberto. “Aliás, é preciso observar que antes a oposição dizia que nosso governo não tinha obra. Agora eles já se resumem a colocar defeitos nas obras. São uns fabricantes de defeitos”, disse o parlamentar petista.

Fonte: Agência Alese

Comentários