Ex-candidato à presidência vem a Aracaju

0

Plínio de Arruda lança livro e participa de palestra em Aracaju (Foto: Divulgação)
Nesta quarta-feira, 26, o candidato à Presidência da República pelo PSOL nas eleições de 2010, Plínio de Arruda Sampaio, visitará a capital sergipana para o lançamento de seu livro “Por que Participar da política?”, da Editora Saraiva. O evento terá início às 18h30 no Auditório do Sindicato dos Trabalhadores da Previdência Social (Sindiprev), situado na Rua Vila Cristina, no Bairro São José. A entrada é gratuita.

Logo após o lançamento, Plínio de Arruda participa de um debate juntamente com o Diretor de Formação Política do PSOL-SE, Mike Gabriel. Eles abordarão a conjuntura política nacional e estadual, os desafios para a esquerda socialista para os próximos anos, dentre outros temas prioritários para a militância do PSOL. O debate faz parte de um extenso calendário de atividades do PSOL-SE para o ano de 2011, no intuito de dialogar com a sociedade sergipana na organização da luta pela igualdade social.

No livro, Plínio discorre sobre a formação do Estado brasileiro, os sistemas de governo parlamentarista e presidencialista, a Nova República e os impactos cotidianos da ação política na vida dos brasileiros.

Dividido em sete capítulos distribuídos em 74 páginas, a brochura é um convite a que os leitores, especialmente a juventude, conheçam e participem da vida política nacional. O questionamento central da obra é: “O que perdemos por nos desinteressar da política e o que ganhamos procurando entendê-la?”.

Aos 80 anos e após percorrer o Brasil de Norte a Sul como candidato do PSOL à presidência da República em 2010, Plínio reitera neste livro seu apreço à organização dos trabalhadores para construir um projeto de superação das mazelas que marcam a história de nosso país – a segregação social e a dependência externa – e avançar em direção ao socialismo.

Plínio de Arruda Sampaio também é autor de “O capital estrangeiro na agricultura” (1977), “Construindo o Poder Popular” (1982), “O Brasil pode dar certo” (1994), “O que é corrupção” (2010) e dezenas de artigos sobre a realidade brasileira.

Fonte: PSOL

Comentários