Ex-prefeito de Estância é preso

0

Prefeitura de Estância (Foto: Arquivo Portal Infonet)
Condenado por conta da acusação de fraude em processo licitatório, o ex-prefeito do município de Estância, Gevani  Bento Vieira Ramos foi preso nesta quinta-feira, 10. Policiais civis efetuaram a prisão em cumprimento a um mandado emitido pelo fórum local. Em 2009 o Ministério Público Federal (MPF) ingressou com ações de improbidade administrativas contra Giovani e ex-secretários.

Gevani  Bento estava no fórum da cidade de Estância quando recebeu a ordem de prisão, foi encaminhado para  uma delegacia de Aracaju, mas deverá ser transferido para uma unidade do Departamento do Sistema Judiciário (Desipe).

O ex-prefeito deverá cumprir nove anos de prisão em regime semi-aberto.  Em dezembro de 2009, o Ministério Público Federal ingressou com várias ações de improbidade administrativa contra Giovani Bento Vieira Ramos e ex-secretários de Obras, Saúde, Habitação e Ação Social, além de empresas.

Entre os processos, um por contratar com dispensa de licitação, uma empresa de locação de mão-de-obra, em janeiro de 2004. À época, a prática foi justificada através de um decreto municipal de Situação Emergencial.

O Portal Infonet está a disposição dos advogados do ex-prefeito caso queiram se pronunciar sobre a prisão efetuada nesta quinta-feira.

Por Aldaci de Souza

 

Comentários