Fábio Meireles pede fiscalização no cumprimento de medidas de saúde

0
Vereador pediu fiscalização para o cumprimento das medidas de saúde. (Foto: Ascom/Vereador Fábio Meireles)

Durante a sessão remota da Câmara Municipal de Aracaju desta quinta-feira, 4, o vereador Fábio Meireles (PSC) utilizou o grande expediente para chamar atenção para os números de casos de Covid-19 em Sergipe. O parlamentar apresentou os dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) onde mostra que o número de casos pela doença caiu e está em desaceleração, mas mesmo assim, Fábio pediu fiscalização para o cumprimento das medidas de saúde.

De acordo com a SES, entre dezembro e janeiro foram 24.912 casos, já entre janeiro e fevereiro 13.994 casos, uma queda de 43%. Nos dois primeiros dias de março foram 956 casos confirmados, menos que nos dois primeiros dias de fevereiro quando foram 1.194 casos. Para Fábio Meireles, ainda não há necessidade de toque de recolher.

“O Governo precisa ter muita cautela nos próximos decretos, pois estamos vivenciando uma pandemia muito severa para a saúde e economia. Apresentei os números da SES para esclarecer que, apesar de estarmos vivendo momentos difíceis, em Sergipe ainda não é necessário toque de recolher, se Deus quiser não precisaremos fechar novamente o comércio, pois estão todos se recuperando ainda.

Fábio Meireles pediu ainda pulso firme do Governador para aumentar leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e fiscalizar os locais. “As pessoas precisam ter responsabilidade consigo e com os demais, usar máscara, lavar sempre as mãos, assim que possível tomar a vacina e no geral, se cuidar. Já o Governo, deve fiscalizar os cumprimentos do decreto, aqueles que forem irresponsáveis devem ser punidos no rigor da lei. Belivaldo precisa aumentar os leitos de UTI e melhorar a capacidade de atendimento”, finalizou.

Fonte: Ascom/Vereador Fábio Meireles

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais