Funcionários dos Correios buscam apoio de vereadores de Aracaju

0
Jean Marcel esteve na CMA para pedir apoio dos vereadores (Foto: Portal Infonet)

Representantes do Sindicato de Trabalhadores dos Correios (Sintec) usaram a tribuna da Câmara de Vereadores de Aracaju (CMA) na manhã desta quarta-feira, 29, para falar da precarização dos Correios e fechamentos de agências em todo o país. De acordo com o presidente do sindicato, Jean Marcel Reimon, essa é uma estratégia do Governo Federal para em breve privatizar a empresa.

“O Governo diz que os Correios não dão lucro, isso é mentira porque sempre repassamos dinheiro para a União, e mesmo que não gerasse lucro os Correios é uma empresa criada sem fins lucrativos. O objetivo da criação é prestar serviço a população, desenvolver e integrar o país e não dar lucro”, afirma.

O Governo anunciou o fechamento de 161 agências no país. Em Sergipe duas serão fechadas. “ Em São Paulo, por exemplo, agências que dão lucro serão fechadas, o que justifica então? O Governo tem um Plano de Demissão Voluntária (PDV) em aberto de 7 mil vagas no país. Se já está complicado prestar o serviço, imagine diminuindo o número de funcionários” aponta.

O sindicato quer chamar atenção da população para a situação e pedir o apoio dos vereadores de Aracaju. “Na mesma medida que o próximo passo do Governo é tentar privatizar, o passo da sociedade é de resistir a isso, porque a privatização não trará benefícios, inclusive os valores dos serviços vão aumentar. Esse é um tema importante para a CMA parque a população de Aracaju vai ser prejudicada com o fechamento das duas agências, hoje existem bairros que ainda não têm o serviço dos Correios, precisamos de ampliação e investimentos, não de corte”, ressalta vereador Camilo Lula (PT).

Por Karla Pinheiro

Comentários