Gilmar Carvalho confirma que irá deixar o PSB

0

O deputado estadual Gilmar Carvalho confirmou que irá deixar oficialmente o PSB até a próxima quarta-feira. A sigla tem como principal liderança no estado o senador Antônio Carlos Valadares. “Tenho amizades pessoais no partido, a exemplo do senador e do vice-governador Belivaldo Chagas. Sou bem tratado e trato bem o PSB, mas não poderia tomar outra decisão a não ser essa após os encaminhamentos tomados pelo partido em nível nacional”, justifica o parlamentar, que comunicará oficialmente a decisão ao partido.

Duas principais razões, segundo Carvalho, o motivaram a tomar essa decisão. A primeira é em virtude da possibilidade do deputado federal Ciro Gomes (PSB) ser candidato à Presidência da República fora da base de apoio do PT. O parlamentar ficou preocupado com as declarações do ex-ministro José Dirceu, em matéria publicada na edição desta segunda-feira do jornal Folha de São Paulo. Dirceu disse que, se Ciro for candidato, o PT terá que romper suas alianças estaduais com o PSB.

“Sei que o senador Valadares, o deputado federal Valadares Filho, o vice-governador Belivaldo Chagas e os demais integrantes do partido estão engajados no projeto liderado pelo governador Marcelo Déda (PT), mas não posso submeter-me ao risco de ver o PSB separar-se do PT por causa da possível candidatura de Ciro Gomes”, alega Gilmar Carvalho.

Transposição

Outro motivo é o posicionamento de Ciro Gomes em relação ao projeto de transposição do Rio São Francisco. “Ciro é o pai da transposição. Ele mata e morre por esse projeto e eu estou do lado de Sergipe. Não posso votar em um candidato que defende a morte do São Francisco”, afirma o deputado.

Há algumas semanas, Gilmar já havia conversado com o senador Valadares sobre a possibilidade de sua saída do partido para não ter que participar de um chapão, em 2010, que poderia dificultar sua volta à Assembleia Legislativa. Valadares disse a Gilmar que o partido não criaria problemas para o seu futuro político.

Embora já tivesse dito ao senador que precisaria deixar a sigla, o parlamentar vinha avaliando a possibilidade de permanecer no PSB, por causa de sua boa convivência com os líderes da legenda. Por enquanto, Gilmar disse que ainda não definiu seu futuro partido.

Fonte: Empauta

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais