Gilson diz que Proredes não será solução para Saúde

0

Gilson Andrade (Foto: Portal Infonet)

O deputado estadual Gilson Andrade (PTC) criticou na sessão desta terça-feira, 1º na Assembleia Legislativa, a Saúde em Sergipe. Na ocasião o parlamentar disse não ter recebido ainda o Proredes em seu gabinete e acrescenta que projeto não será solução.

De acordo com ele, hospitais regionais, como o de Estância, funcionam precariamente. “Na última sexta-feira, foi realizada uma reunião com o Ministério Público Estadual em Estância, relativa ao Hospital Regional, mas nenhum integrante da Fundação Hospitalar de Saúde não compareceu”, lamenta.

Gilson Andrade lembrou  que o hospital foi inaugurado recentemente, em 2011, com a proposta de funcionar até meados de 2012 com os serviços urgência e emergência, plantões de ortopedia, cirurgia, entre outros, além de internamento em clínica médica e pediátrica, cirurgias eletivas e de urgência e uma UTI com dez leitos a partir de junho de 2012.

“Estamos no final do primeiro trimestre de 2014 e esses problemas citados não foram cumpridos. O MPE solicitou uma audiência com os gestores responsáveis pela Saúde do Estado. Eu estava lá representando este Poder, além de secretários de Sáude de vários municípios, gestores do hospital e nenhum representante da FHS, que era a pessoa mais esperada, mais aguardada”, destaca.

Proredes

O parlamentar enfatizou que estão utilizando o nome dele de forma equivocada nas emissoras de rádio, afirmando que vai votar contra o Proredes [pedido de empréstimo no valor de R$ 250 milhões pelo Governo do Estado].

“Acham que o Proredes será a solução de tudo, desses problemas que estão ai, mas engana-se. Não vão resolver. Vamos deixar de mentiras, de engodo e vamos trabalhar pela população. Estão usando meu nome ao discutir o projeto. Dizem que vou votar contra, não discuti nada, não recebi o projeto para avaliar com minha equipe. Mas já estavam na rádio antecipando meu voto. Não autorizei ninguém a falar por mim. Estão com um discurso demagógico colocando em nossos ombros, a solução dos problema da saúde”, reclama.

Por Aldaci de Souza com informações da Agência Alese

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais