Governo sanciona leis que criam novas rotas turísticas em Sergipe

0
A criação das novas rotas turísticas é para ampliar e desenvolver o turismo em Sergipe (Foto: Silvio Oliveira)

O Governo do Estado de Sergipe sancionou as leis que criam três novas rotas turísticas em Sergipe. Os Projetos de Lei (PL) foram de autoria do Poder Executivo e aprovado pelos deputados estaduais.  As sanções foram publicadas no Diário Oficial de Sergipe na edição desta sexta-feira, 16.

Foram intuídas no Estado a Rota do Litoral Sul de Sergipe (Lei nº 8.771/2020), a Rota da Farinha ( Lei nº8772/2020) e a Rota do Baixo São Francisco  (Lei  nº 8.773 /2020). No início de outubro o governador Belivaldo Chagas, durante apresentação do plano de retomada da economia de Sergipe, anunciou a criação de cinco novas rotas turísticas e o investimento de R$ 56 milhões no setor.

De acordo com as leis, as novas rotas foram criadas com o objetivo de integração turística do estado; desenvolvimento sustentável do potencial turístico regional; fortalecimento, ampliação e desenvolvimento da produção local nas áreas turísticas, cultural e gastronômica; implantação de mecanismo ambiental e incentiva aos empreendimentos turísticos;  e incentivo à organização produtiva das comunidades locais relacionadas aos turismo, ao artesanato e a geração de novas fontes de emprego e renda.

Rotas

A Rota do Litoral Sul é composta pelo municípios de Itaporaga D’Ajuda e Estância. A Rota da Farinha compreende os municípios de São Domingos, Campo do Brito, Macambira, Itabaiana, Moita Bonita, Ribeirópolis, Santa Rosa de Lima, Malhador, Nossa Senhora das Dores e Lagarto.

A Rota do Baixo São Francisco é composta pelos municípios de  Porto da Folha, Gararu, Nossa Senhora de Lourdes, Canhoba, Propriá, Japoatã, Neópolis, Ilha das Flores, Brejo Grande, Itabi, Amparo do São Francisco, Telha, Cedro do São João, São Francisco e Santana do São Francisco.

Por Karla Pinheiro

Comentários