Greve: auditores fiscais fazem ato e pedem audiência com o governador

0
Auditores fiscais querem audiência com o governador (Foto: Sindifisco)

Os auditores fiscais, em greve desde a última terça-feira, 28, fizeram um ato na manhã desta quarta-feira, 29, em frente ao Palácio de Despachos para solicitar uma audiência com o governador Belivaldo Chagas.

De acordo com o presidente do Sindicato do Fisco do Estado de Sergipe (Sindifisco/SE), José Antônio dos Santos, há um impasse entre os auditores e o secretário da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) sobre o concurso público que será realizado para auditor.

“Há um impasse dentro da Sefaz que ao invés de ser resolvido pelo secretário, ele nos ataca, nos chama de arcaicos, mas o que queremos apenas é que o concurso público para o cargo de auditor fiscal tributário esteja dentro dos dispositivos que regem a Lei Complementar nº 283/2016 para não gerar ainda mais problema para nossa carreira no futuro, por isso queremos uma audiência com o governador”, explica.

Categoria pede que o concurso público da Sefaz seja de acordo com a Lei Complementar 283/2016 (Foto: Sindifisco)

José Antônio conta que já enviaram quatro ofícios para o Governo solicitando audiência, mas ainda não foram atendidos. “Vamos continuar tentando porque nosso objetivo é resolver esse impasse”, afirma.

Os auditores fiscais deflagraram greve ontem, dia 28, de sete dias. Durante esses dias os serviços de fiscalização estão suspensos. “As atividades que são desempenhadas exclusivamente pelos auditores fiscais tributárias estão suspensas até a próxima semana”, conclui.

O Governo de Sergipe informa que está recebendo todos os servidores do Estado, através dos seus sindicados, na mesa de negociação localizada na Secretaria de Administração.

Por Karla Pinheiro

*Matéria alterada às 12h22 no dia 29/09 para inserir resposta do Governo de Sergipe
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais