Iran destaca Fórum Mundial de Direitos Humanos

0

(Foto: Arquivo Portal Infonet)

O vereador Iran Barbosa, do PT, deu destaque, na tribuna da Câmara Municipal de Aracaju, na sessão desta quinta-feira,21, à realização, de 10 a 13 de dezembro, em Brasília, do Fórum Mundial de Direitos Humanos, que objetiva promover um debate amplo e aprofundado sobre os direitos humanos, a partir de temáticas que envolvem a mobilização social, Direito à Memória e a Verdade, Conquista e Defesa dos Direitos Humanos por Grupos Vulnerabilizados, Democracia, Paradigmas de Redução de Desigualdades, Mundo do Trabalho, Enfrentamento às Violências, Cultura e Comunicação.

O petista destacou, ainda, que a etapa de Sergipe do Fórum Mundial será realizada na próxima segunda-feira, 25, das 13h30 às 17h, no Auditório da Secretaria Estadual de Educação – SEED – e debaterá o tema, ‘Os Direitos Humanos em Sergipe: Como Você Vê?’, com palestra da doutora em Direito, Karina Batista Sposato.

“Eu peço o apoio de todos para a divulgação desse importante acontecimento, por se tratar de um fórum que terá um caráter especial, por tematizar questões que estão na ordem do dia e que devem ser abordadas na perspectiva do respeito aos direitos humanos”, enfatizou.

O vereador petista aproveitou para, conectando ao Dia Nacional da Consciência Negra, comemorado ontem (20), homenagear a diretora Everlane Moraes, que dirigiu o documentário ‘Caixa D’Água: Qui-lombo é esse?’, que fará parte da 8ª Mostra Cinema e Direitos Humanos na América do Sul e percorrerá 26 capitais brasileiras e o Distrito Federal, a partir do próximo dia 26.

“E homenageando Everlane, pela seleção do seu curta-metragem, quero homenagear a todos os quilombolas da comunidade Maloca, encravada no bairro Getúlio Vargas, umas das primeiras comunidades quilombolas urbanas reconhecidas no Brasil”, afirmou.

O documentário, informa Iran, destaca a importância cultural e histórica do bairro Getúlio Vargas através de depoimentos de moradores daquela comunidade remanescente de quilombolas. “Acho importante dar destaque a esta seleção de um documentário sergipano, produzido, aliás, por uma técnica bem interessante, que é a do registro oral da história. Quero parabenizar a todos que tiveram envolvidos com esse projeto selecionado, desejar sucesso ao curta e quero, também, abraçar toda a comunidade quilombola da Maloca, que merece todo o nosso respeito e a nossa referência”, disse o petista.

Fonte: Assessoria Parlamentar

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais