Jackson Barreto volta a descartar intervenção do PMDB em Sergipe

0

Jackson Barreto reafirma candidatos ao Senado na chapa majoritária

O pré-candidato ao Governo do Estado, Jackson Barreto (PMDB) voltou a falar nesta segunda-feira, 14 na Rede Ilha, sobre protocolo na Executiva Nacional do Partido por meio do senador Almeida Lima (PMDB) sobre um pedido de intervenção no diretório em Sergipe. “As pessoas podem ficar tranqüilas, pois não há qualquer processo de intervenção do PMDB em Sergipe”, garante.

Jackson Barreto disse ainda que “não há essa discussão. O que foi que nós cometemos de erro? A chapa está composta com as pré-candidaturas de Valadares e de Eduardo Amorim. E eu espero que o senador repense as suas posições”, destaca Jakson Barreto.

Ao protocolar o pedido de intervenção na Executiva Nacional do PMDB, em Brasília, acredita-se que o Almeida Lima tentava reverter a situação e conseguir disputar a reeleição na chapa majoritária, anunciada pelo governador Marcelo Déda (PT), na tarde da última sexta-feira, 11 no Sindicato dos Bancários. Só que após anunciar os nomes dos pré-candidatos ao Senado na sua coligação [Antônio Carlos Valadares (PSB) e Eduardo Amorim (PSC), Déda distribuiu com a imprensa um documento assinado por integrantes do partido.

Documento

O documento dá conta de que “o Diretório Estadual do Partido do Movimento Democrático Brasileiro, reunido no dia de hoje [sexta-feira, 11], na sua sede social, deliberou por unanimidade de seus membros presentes, titulares e suplentes, indicar o presidente do partido, deputado federal Jackson Barreto, como único pré-candidato que irá integrar a chapa majoritária nas próximas eleições na condição de vice-governador, ao lado do pré-candidato a governador Marcelo Déda, tendo deliberado também não apresentar candidatos ao Senado da República, o que caberá aos outros partidos políticos, integrantes da futura coligação. O PMDB mantém abertas vagas na chapa proporcional para qualquer filiado do partido”.

Para o governador Marcelo Déda, Almeida Lima tem o direito de reivindicar sua participação em qualquer chapa. “Competia ao PMDB resolver e o PMDB resolveu”, enfatiza referindo-se a exclusão do senador Almeida Lima da Chapa majoritária e indicando o deputado federal Jackson Barreto. Déda ressaltou ainda não vetar uma possível pré-candidatura do senador Almeida Lima à Câmara Federal dentro do bloco.

“Não faço nenhum obstáculo e se o senador concorrer a uma vaga de deputado federal estará dando uma grande contribuição a Sergipe, mas não me compete interferir, já que é uma decisão pessoal do senador”, entende o governador.

A reportagem do Portal Infonet tentou ouvir o senador Almeida Lima sobre a possibilidade de entrar na pré-disputa para deputado federal, mas o número do celular estava fora de área.

Comentários