Jackson mostra importância do Proinveste

0

Reunião aconteceu no Sindicato dos Bancários (Foto: Marcos Rodrigues/ASN)

Mobilizar prefeitos, prefeitos eleitos, representantes de entidades e os diversos segmentos da sociedade organizada para esclarecer e mostrar a importância estratégica da aprovação do programa Proinveste para o Estado de Sergipe.

Essa foi a meta do encontro promovido pelo governador em exercício, Jackson Barreto, que reuniu mais de 40 prefeitos, atuais e eleitos, além de cerca de 50 lideranças de entidades representativas de todo o estado, buscando dialogar e buscar formas de trabalhar para que a oportunidade de aprovação desse projeto, que representará grandes conquistas para a população sergipana, não seja desperdiçada.

O encontro reuniu lideranças de todo o estado no auditório do Sindicato dos Bancários, situado à avenida Gonçalo Rollemberg, no Centro da capital.

“Vamos mobilizar todos os prefeitos, vereadores e representantes de diversas entidades, além da população sergipana, apelando para a sensibilidade e responsabilidade dos parlamentares sergipanos, que são os responsáveis pela aprovação desse programa. Nós resolvemos ampliar essa discussão, que é de interesse de toda a sociedade sergipana”, destacou o governador em exercício Jackson Barreto.

Segundo ele, a exemplo do que ocorreu recentemente com a classe empresarial que, de pronto, através de suas entidades representativas, emitiu uma nota pública enumerando as razões da importância da aprovação do projeto para a economia e a qualidade de vida dos sergipanos.

“Como sempre promovemos mobilizações e nunca abrimos mão da participação popular, discutimos a realização de um grande ato reunindo os diversos segmentos e a população sergipana para reafirmarmos a importância histórica da aprovação desse projeto, que não poderá continuar sendo alvo de questiúnculas políticas, já que todas as informações e argumentos foram amplamente expostos e discutidos”, contextualizou Jackson Barreto.

Situação Inédita

O governador em exercício reiterou que, diante da atual situação, onde Sergipe é o único dos 17 estados selecionados através dos critérios do Governo Federal, que ainda não aprovou a operação diante do impasse no Poder Legislativo. “Isto se configurará numa situação vexatória para Sergipe. Recentemente, conversei com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, sobre o tema e ele me informou que o projeto fora aprovado por unanimidade pelos parlamentares pernambucanos, mostrando que até os opositores enxergaram a importância dessa iniciativa no momento onde os repasses do Governo Federal vêm caindo vertiginosamente para estados e municípios”, ilustrou o governador, ao informar que só nos últimos meses, Sergipe verificou uma queda superior a R$ 140 milhões nos repasses do Fundo de Participação dos Estados (FPE).

Fonte: ASN

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais