João Alves não confirma candidatura em 2012

0

João Alves não confirma se disputará as eleições para prefeito em 2012 (Foto: Arquivo Infonet)
Ex-governador do Estado por três vezes e candidato derrotado ao governo do Estado nas eleições de 3 de outubro ultimo, João Alves Filho foi o anfitrião da Imprensa política do Estado na noite dessa segunda-feira, 27, em seu apartamento na Mansão Drummond, na praia 13 de Julho.

Muito atencioso com todos fez questão de conceder entrevistas a todos que assim o desejaram. Ele anunciou que dois parlamentares do DEM, nomes nacionais, estarão hoje em Aracaju para um encontro com os demistas, possivelmente a partir das 8h30 de hoje, tendo por local o Hotel Aquarios. Não sabe, ou ao menos não quis adiantar (“ninguém fala nada por telefone”), os assuntos que serão debatidos pelos deputados Antônio Carloso Magalhães Neto e José Carlos Aleluia. O encontro de João Alves começou as 19h rendeu papo até pelo menos às 22h30. Os jornalistas Diogenes Brayner, Rita Oliveira e Chico Freire foram os que mais fizeram perguntas a João Alves Filho. 

Entre os vários assuntos abordados pelo ex-governador João Alves Filho estava, naturalmente, as eleições de 2012. Ele entende que o pleito de 2012 está umbilicalmente ligado às eleições de 2014. Não confirmou, porém, se é candidato a Prefeito de Aracaju. “Posso ser, como posso não ser. Nós temos companheiros que podem vivencia esta candidatura, como o deputado federal Mendonça Prado (que estava presente) e até o companheiro José Carlos Machado” (também presente à recepção).

Garantiu, porém, que as oposições vão ter candidato a Prefeito e a Governador, “é preciso agora observar as circunstâncias em que vão se dar estas escolhas”. Já o deputado Mendonça Prado disse ser favorável à expulsão do partido daqueles que, nas últimas eleições, votaram em candidatos de partidos contrários. Para ele, “é partido mas não pode ser fragmentado. Portanto defendo punições para Elma Paixão e Tonho da Caixa, líderes partidários em Nossa Sra. do Socorro, mas que votaram contra o dr. João Alves”. O deputado Mendonça Prado descartou uma possível candidatura a prefeito de Socorro, porque “não vou transferir o meu domicilio eleitoral”.

Por Ivan Valença

Comentários