João diz que doação de terrenos por Edvaldo não é legal

0

Planta das áreas doadas na Zona de Expansão (Fotos: Portal Infonet)

Repercute a informação da representante da Central de Movimentos Populares (CMP), Roseane Patrício dando conta de que o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) teria doado ao Estado, terrenos pertencentes à União. Para o prefeito João Alves Filho (DEM), a doação não poderia ter sido feita sem passar pela aprovação na Câmara Municipal de Aracaju.

Roseane Patrício viajou ao meio-dia desta quarta-feira, 5 para Brasília no sentido de discutir o assunto. A expectativa é de que técnicos da Superintendência de Patrimônio da União, cheguem à capital sergipana para fazer uma vistoria nos terrenos pertencentes à SPU e à Aeronáutica, na manhã desta quinta-feira, 6 para que possam agilizar o processo de reintegração de posse.

O prefeito João Alves Filho (DEM), afirmou hoje durante o anúncio da programação do Forrócaju, que a doação não tem validade. “Não estou aqui pregando revanche e nem conflitos, mas essa doação não tem legalidade jurídica. A forma não foi correta. A doação teria que ter sido aprovada pela Câmara Municipal de Aracaju. Isso não existe. As doações não têm consistência jurídica.

Planta mostra a área do Condomínio Jael Patrício

Área em que deverão ser construídas várias residências

João Alves: "Não estou propagando conflitos"

A Central de Movimentos Populares luta pela construção do Condomínio Jael Patrício de Lima, em boa parte do terreno, cujo projeto arquitetônico já está pronto. A reportagem do Portal Infonet tentou ouvir Roseane Patrício por telefone, mas o secretário atendeu e dinformou que ela esqueceu o celular em Aracaju e que retornará nesta quinta-feira, 6.

Procurado pelo Portal Infonet, o superintendente de Patrimônio da União, Waldemar Bastos disse não ter conhecimento sobre o assunto, mas que vai procurar saber.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais