João e Déda confiantes na vitória de seus candidatos

0

Marcelo Déda mostra confiança(Fotos: Portal Infonet)
O governador Marcelo Déda (PT) e o ex-governador João Alves Filho (DEM) votaram na manhã deste domingo, 31 e mostraram-se confiantes na vitória dos seus candidatos à Presidência da República. João votou por volta das 9h40 no Colégio Atheneu e Déda por volta das 11h no Colégio Patrocínio São José.

“Hoje é um dia muito importante. Nós temos uma eleição das mais democráticas da história e eu acredito na vitória de José Serra (PSDB) para governar um país onde haja respeito entre os poderes. Estou com muita fé na vitória de Zé Serra e é isso quem vai decidir é o povo de Sergipe”, destaca acrescentando não acreditar nas pesquisas, pois no primeiro turno todas

João Alves Filho também mostrou-se confiante
davam vitória para a candidata Dilma Roussef (PT).

Questionado pela reportagem do Portal Infonet se estava preocupado com o alto índice de abstenção, João Alves Filho afirmou: “a abstenção preocupa porque a democracia é mais representada quando maior é a presença das pessoas nas urnas. Hoje nós temos uma abstenção muito grande no Brasil. Vi no noticiário que só de São Paulo saíram um milhão de pessoas”, lamenta destacando que a data da eleição poderia ter sido mudada.

“Hoje não está mais aqui o candidato, está o cidadão”, afirmou o governador de Sergipe, entrando na fila para votar. Assim

João chegou ao lado de Nilson
como João Alves Filho, antes de exercer o direito à Cidadania, Marcelo Déda concedeu entrevista à imprensa quando falou da confiança na vitória de Dilma Roussef.

“Estou confiante. A candidata Dilma conseguiu mostrar aos brasileiros os avanços do país, que mais de 14 milhões de brasileiros tiveram seus empregos de volta e mais de 24 milhões saíram da situação de pobreza. Na visão felicíssima de Chico Buarque, o Brasil não fala fino em Washington nem fala grosso com os países pobres”, ressalta.

Indagado sobre os investimentos para Sergipe, caso a candidata do PT seja eleita, Marcelo Déda disse: “Venho votar com o sentimento duplo, primeiro o

Déda chega ao lado de Zé Eduardo, Jackson Barreto e Edvan Amorim
de militante do Partido dos Trabalhadores e segundo com o sentimento de governador. Com toda a responsabilidade que carrego nos ombros, tenho a convicção que Dilma é o melhor nome para o Brasil e principalmente para Sergipe, por conta da continuidade das obras a exemplo da BR-101”, acredita.

Cautela

Já o coordenador da campanha de Dilma Roussef, Zé Eduardo Dutra, acredita ser preciso ter cautela. “Eu estou confiante, mas cautela e caldo de galinha nunca fez mal a ninguém. A militância foi pras ruas e as pesquisas indicam um crescimento de 10% à frente do candidato do PSDB”, destaca Zé Eduardo

Zé Eduardo: “Confiança com cautela”
lembrando que houve um engajamento da militância.

Respondendo à pergunta da reportagem do Portal Infonet se no segundo turno continuou na coordenação da campanha de Dilma Roussef, já que comentários davam conta de que a coordenação teria ficado com Ciro Gomes, Zé Eduardo ressaltou: “não sei de onde surgiu esse boato. O Ciro Gomes foi integrado à campanha à exemplo de Moreira Franco”.

Cobertura

Clique aqui e acompanhe a cobertura completa das eleições federais através do Portal Infonet. A equipe de jornalismo está disponibilizando notícias e a partir das 17h30, o internauta poderá conferir, em tempo real, a apuração dos votos de todo o Estado e no iDivulga, aplicativo para iPhones e iPods, o resultado de todos os Estados do Brasil.

Por Aldaci de Souza

 


 

Comentários