João faz balanço das obras na Câmara de Vereadores

0

João destacou obras de sua administração (Fotos: Portal Infonet)

O prefeito João Alves Filho (DEM) não leu a mensagem oficial no retorno dos trabalhos na Câmara Municipal de Aracaju. Ele preferiu fazer um balanço das obras [a maioria já anunciada semana passada em coletiva na Prefeitura de Aracaju], que foram realizadas e as que serão inauguradas nos próximos dias, além dos projetos para a capital sergipana.

No final da apresentação que durou quase quatro horas, foi que os vereadores começaram a receber a mensagem que não foi disponibilizada à imprensa.

“Esse é um momento que serve para propiciar um estreitamento das relações entre os Poderes Legislativo e Executivo. Sei que poderei contar com essa Casa para promover a aprovação dos projetos de interesse de Aracaju”, ressalta.
João Alves Filho falou das dificuldades  enfrentadas em 2013, por conta da acentuada redução do repasse de recursos pelo Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Explanação foi acompanhada por alguns secretários

“Isso sem contar com os problemas enfrentados advindos de despesas dos exercícios anteriores, que exigiram um esforço administrativo da nossa gestão para honrar as obrigações financeiras. Tenho vontade de sentar na praça e chorar, mas não adianta chorar o leite derramado”, ressalta.

Entre as obras anunciadas, a reforma de praças públicas, a inauguração do mergulhão da Av. Tancredo Neves, a transformação do prédio da Alfândega em Centro de Cultura e Arte, o alargamento da Av. Euclides Figueiredo. E ainda reformas nas Unidades Básicas de Saúde e obras da Av. Beira Mar.

O prefeito lembrou destacou ainda a questão ambiental. “Somos a capital de menor índice de áreas verdes do país. Criamos o Fundo Municipal de Apoio ao Meio Ambiente para captar recursos voltados para a implantação e desenvolvimento de atividades e realizações de ações, referentes a políticas públicas de proteção e preservação do meio ambiente”, diz.

Iran Barbosa faz pedidos ao prefeito

Sobre a Educação, o prefeito falou sobre a melhoria do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). “Quando assumi a Prefeitura de Aracaju tínhamos o pior índice do Ideb das capitais brasileiras. Hoje a Educação em Aracaju está surpreendente. Temos uma adesão da classe profissional muito grande; um entusiasmo dos professores”.

Vereadores

Os vereadores acompanharam a explanação e o primeiro a se manifestar foi Iran Barbosa (PT).

“Não vou fazer cobranças. Desejo sucesso, mas a gente precisa aproximar um pouco mais os discursos. Tenho um pedido a fazer: que tratemos do que for macro, mas também do que for micro, como buracos nas ruas, canais, problemas na saúde e na Educação. Temos professores perserguidos e tivemos que acionar a Justiça para que tivessem direitos garantidos. Essa Casa não tem sido respeitada na forma como os projetos são enviados. Já chegaram 14 projetos um dia antes da votação”, reclama.

Emília Correia rebate

Vinicius Porto: "É o estilo do Dr. João"

“Foi muita boa essa prestação de contas. É natural que a oposição cumpra o seu papel. Sabemos que muitos problemas já foram solucionados. Não podemos nunca enganar a população e nunca inflamar as pessoas de algo que não podemos solucionar de imediato”, rebate a vereadora Emília Correia (DEM).

Indagado sobre a não leitura da mensagem por parte do prefeito de Aracaju, o presidente da Câmara. Vinicius Porto (DEM), foi enfático: “Muito mais importante do que a leitura da mensagem é a apresentação dos planos de ações. Esse é o estilo de Dr. João. Como ele é construtor, preferiu apresentar obras, mas a mensagem já está sendo entregue aos vereadores”.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais